COMBONIANUM – Spiritualità e Missione

–– Sito di FORMAZIONE PERMANENTE MISSIONARIA –– Uno sguardo missionario sulla Vita, il Mondo e la Chiesa A missionary look on the life of the world and the church –– VIDA y MISIÓN – VIE et MISSION – VIDA e MISSÃO ––

O brilho dos vitrais da Sainte-Chapelle.

Em maio último concluiu-se a campanha de restauro dos vitrais da Sainte-Chapelle, em Paris. Obra-prima do gótico flamejante, foi edificada em 1242 e 1248, por S. Luís, no coração do palácio da ilha “de la Cité”, para acolher as relíquias da Paixão de Cristo, nomeadamente a Coroa de Espinhos.

Os vitrais, todos do séc. XIII, exceto a rosácea, refeita em 1485, respeitando o tema original, o Apocalipse, formam um conjunto único composto por 1113 cenas.

Na medievalidade, o fervor cristão atribuía um grande valor às relíquias, cuja posse conferia prestígio considerável. Em 1239, no termo de dois anos de negociação, Luís IX adquire a Coroa de Espinhos ao imperador latino de Bizâncio. Outras relíquias ligadas à Paixão de Cristo fazem da coleção de S. Luís uma das mais fabulosas do mundo cristão. Luís IX decide então edificar um monumento digno desse tesouro.

O monarca fez construir um monumento que associava de maneira emblemática o poder da sua dinastia e a missão terrestre de rei cristão. Por isso a Sainte-Chapelle devia tornar-se um relicário excecional, a expressão perfeita da elevação da alma.

A Sainte-Chapelle foi planeada à imagem das capelas palatinas de dois pisos: o primeiro, onde são conservadas as relíquias, é reservado ao rei, à família real e a alguns privilegiados, enquanto que o piso térreo é destinado ao culto paroquial.

A iconografia dos vitrais baseia-se no Antigo Testamento e ilustra a história do povo hebreu. O programa assimila o rei aos heróis veterotestamentários e apresenta-o na sua dupla autoridade, espiritual e política.

Danificada por incêndios em 1630 e 1776, a Sainte-Chapelle sofreu depois com a Revolução Francesa, tendo sido transformada em local de arquivo judicial no ano de 1803. Foi exemplarmente restaurada em várias campanhas nos séculos XIX, XX e XXI.

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

 

Imagem

Imagem

Imagem

In “Narthex”
Trad.: Rui Jorge Martins
Publicado em 30.09.2015
http://www.snpcultura.org

Rispondi

Inserisci i tuoi dati qui sotto o clicca su un'icona per effettuare l'accesso:

Logo di WordPress.com

Stai commentando usando il tuo account WordPress.com. Chiudi sessione /  Modifica )

Google photo

Stai commentando usando il tuo account Google. Chiudi sessione /  Modifica )

Foto Twitter

Stai commentando usando il tuo account Twitter. Chiudi sessione /  Modifica )

Foto di Facebook

Stai commentando usando il tuo account Facebook. Chiudi sessione /  Modifica )

Connessione a %s...

Questo sito utilizza Akismet per ridurre lo spam. Scopri come vengono elaborati i dati derivati dai commenti.

Informazione

Questa voce è stata pubblicata il 24/11/2015 da in Arte e fede, Atualidade social, PORTUGUÊS con tag , .

  • 350.952 visite
Follow COMBONIANUM – Spiritualità e Missione on WordPress.com

Inserisci il tuo indirizzo email per seguire questo blog e ricevere notifiche di nuovi messaggi via e-mail.

Segui assieme ad altri 760 follower

San Daniele Comboni (1831-1881)

COMBONIANUM

Combonianum è stata una pubblicazione interna nata tra gli studenti comboniani nel 1935. Ho voluto far rivivere questo titolo, ricco di storia e di patrimonio carismatico.
Sono un comboniano affetto da Sla. Ho aperto e continuo a curare questo blog (tramite il puntatore oculare), animato dal desiderio di rimanere in contatto con la vita del mondo e della Chiesa, e di proseguire così il mio piccolo servizio alla missione.
Pereira Manuel João (MJ)
combonianum@gmail.com

Disclaimer

Questo blog non rappresenta una testata giornalistica. Immagini, foto e testi sono spesso scaricati da Internet, pertanto chi si ritenesse leso nel diritto d’autore potrà contattare il curatore del blog, che provvederà all’immediata rimozione del materiale oggetto di controversia. Grazie.

Categorie

%d blogger hanno fatto clic su Mi Piace per questo: