COMBONIANUM – Formazione Permanente

UNO SGUARDO MISSIONARIO SUL MONDO E LA CHIESA Missionari Comboniani – Formazione Permanente – Comboni Missionaries – Ongoing Formation

O Mestre está cá, e chama-te. Bíblia e Vocação

O Mestre está cá, e chama-te. Bíblia e Vocação
Manuel João Pereira Correia

Apresentação do livro

O Mestre está cá, e chama-te..jpg

Deus à nossa procura

O presente volume recolhe os textos escritos pelo Pe Manuel João Pereira Correia, missionário comboniano, para a revista Além-Mar desde Abril de 2012 até Dezembro de 2013. O espaço em que ele escreveu é herdeiro de uma longa tradição de reflexão vocacional, em chave missionária. Os leitores, jovens e menos jovens, estão familiarizados com estas páginas, a fecharem cada número da revista.

Os textos são aqui agora recolhidos num volume com o título «O Mestre está cá, e chama-te», palavras tiradas do Evangelho de João 11, 28 e que retratam o momento em que Marta vai informar sua irmã Maria da chegada de Jesus e esta corre ao seu encontro. Estas palavras foram sugeridas pelo autor «como um augúrio que cada uma das páginas do livro fosse o eco da voz de Marta dirigida a cada leitor: “o Mestre está aqui e chama-te”! E de uma nossa resposta imediata, como a de Maria que se levanta e corre logo ao encontro de Jesus».

Os assinantes da revista que se foram habituando aos textos do Pe Manuel João nunca mais os deixaram, saboreando-os mês após mês, como agora farão os leitores que abrirem o livro e se aventurarem pela leitura destas páginas. Reuniram-se os textos em livro para dar a outros e outras esta oportunidade de se encontrarem com páginas de grande beleza espiritual e de profunda sensibilidade bíblica, com narrações que nos oferecem a possibilidade de entrar na aventura de tantas vidas tocadas pelo mistério de Deus – e de nelas descortinarmos algo do enigma das nossas próprias vidas e do mistério de um Deus, da descoberta de um Amor que anda perdidamente à nossa procura para dar sentido e beleza aos caminhos que percorremos.

Para reflectir sobre a vocação na Bíblia, o autor explorou a aventura de fé de pessoas concretas, personagens do Antigo e do Novo Testamento, homens e mulheres tocados pela experiência do diálogo de amor com Deus, que sai à procura das suas criaturas e as convida a uma caminhada de fé e de transformação pessoal e social. Algumas destas personagens dão nome e sentido aos alvores e às incertezas da caminhada da fé, das respostas aos apelos de Deus: Adão, Eva, Noé, Abrão. Outros nomes são-nos conhecidos da história hebraica ou da corrente de profetismo que acompanhou a caminhada do povo da aliança: Abraão, Moisés, Elias, Jonas, João Baptista. Outros são-nos ainda mais familiares, ligados intensamente à pessoa e à missão de Jesus: Maria e José, sua família de Nazaré; Pedro, pescador de Cafarnaum; Tomé, o misterioso gémeo; Mateus, comerciante pouco recomendável; Lucas, médico que acabou evangelizador; Matias, o apóstolo de reserva; Marta e Maria, de Betânia, as discípulas na quotidianidade; Maria Madalena, a missionária da ressurreição; Paulo, de Tarso, o apóstolo que fez a diferença ao levar o Evangelho de Cristo para além das fronteiras de Israel, aos povos.

O autor termina a sua recolha de testemunhos de pessoas que passaram pela aventura do diálogo com Deus e responderam aos seus desafios nas situações concretas das suas vidas, com duas reflexões, em jeito de conclusão: «A Última Vocação», oferecendo ao leitor um olhar sobre a vida para além das estrelas, um olhar de esperança que transforma a dor e a morte; «A Vocação das Vocações», o Amor, cantado no Livro do Cântico dos Cânticos e que está na origem e no fim de tudo o que possamos dizer e escrever sobre Deus, a vida e a nossa vocação à felicidade.

O Cardeal Carlos Maria Martini, numa lição sobre a Lectio Divina que deu em Jerusalém, no último ano em que lá esteve, pouco antes de falecer, simplificou em três passos a tarefa quotidiana de nos aproximarmos das Escrituras. No primeiro passo interpelamos o texto, no seu tempo e nas suas circunstâncias, nas personagens da sua cena: que diz, que conta o texto em si? No segundo, interpelamos o texto em relação a nós próprios e à Igreja hoje, aos contextos da nossa procura e das nossas interpelações: que diz o texto à Igreja hoje, a mim que o leio na situação em que me encontro? No terceiro passo, deixamo-nos interpelar pelo texto e pela passagem que lemos: que digo eu a este texto, que respondo eu, em oração, a Deus que me fala nesta Palavra?

Pelo conhecimento que o autor tem das Escrituras, os textos do Pe Manuel João aqui recolhidos ajudam-nos solidamente a dar o primeiro passo na nossa aproximação às Escrituras, a interpelar os textos, criando contemporaneidade com as suas situações e devolvendo-nos a capacidade de entrarmos no texto sagrado. No segundo passo, o autor mostra a sua originalidade, ajudando-nos a personalizar a mensagem para as nossas vidas, a nossa igreja e o nosso tempo; ele consegue ligar o nosso espaço e o nosso tempo ao espaço e ao tempo dos relatos da Escritura, mostrando como eles são paradigmas da nossa própria situação, numa leitura em vários registos e níveis onde as histórias das vocações contadas se unem e confundem com a nossa própria. Mas é sobretudo no terceiro passo – «que respondo eu a este texto, a Deus que me fala nesta Palavra?» – que o autor nos sugere uma aventura inaudita e nos abre a um desafio maior: o de uma resposta pessoal a Deus, em oração feita de silêncios e palavras que só o Espírito pode compreender.

Os textos deste livro têm uma história e encerram um testemunho do autor que, para terminar, gostaria de evocar e deixar como ultima confidência aos leitores e leitoras. No ano de 2010, quando ainda estava como missionário no Togo, em África, o Pe Manuel João Pereira Correia descobriu sofrer de uma doença neurovegetativa que lhe começava a afectar os movimentos dos membros inferiores. De regresso a Portugal foi-lhe diagnosticada a esclerose lateral amiotrófica (ELA), doença, ao momento, incurável que paulatinamente retira à pessoa os movimentos musculares, reduzindo o corpo a uma prisão do espírito. No Verão de 2011, durante alguns dias de férias passado juntos, fiz o convite ao Pe Manuel João para escrever para Além-Mar, libertando o seu espírito das amarras com que a doença iria paulatinamente amarrar o seu corpo à cadeira de rodas. Os textos que o leitor, a leitora, têm aqui entre mãos são fruto desses voos, testemunhos da beleza dessa vocação cheia de surpresas, expressões desse diálogo imprevisível com um Deus-Amor perdido à nossa procura pelos mais impensáveis dos caminhos – desde os da missão intensa em África aos da cadeira de rodas em Roma – sempre com uma oferta de amor gratuito, uma vocação à Vida em plenitude.

Lisboa, 20 de Abril de 2014, Páscoa da Ressurreição de Jesus
Pe Manuel Augusto Lopes Ferreira, mccj
Director da revista Além-Mar


Annunci

Rispondi

Inserisci i tuoi dati qui sotto o clicca su un'icona per effettuare l'accesso:

Logo WordPress.com

Stai commentando usando il tuo account WordPress.com. Chiudi sessione / Modifica )

Foto Twitter

Stai commentando usando il tuo account Twitter. Chiudi sessione / Modifica )

Foto di Facebook

Stai commentando usando il tuo account Facebook. Chiudi sessione / Modifica )

Google+ photo

Stai commentando usando il tuo account Google+. Chiudi sessione / Modifica )

Connessione a %s...

Informazione

Questa voce è stata pubblicata il 13/01/2017 da in PORTUGUÊS, Vocação e Missão con tag .

San Daniele Comboni (1831-1881)

Inserisci il tuo indirizzo email per seguire questo blog e ricevere notifiche di nuovi messaggi via e-mail.

Segui assieme ad altri 1.347 follower

Follow COMBONIANUM – Formazione Permanente on WordPress.com
gennaio: 2017
L M M G V S D
« Dic   Feb »
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031  

  • 134,725 visite

Disclaimer

Questo blog non rappresenta una testata giornalistica. Immagini, foto e testi sono spesso scaricati da Internet, pertanto chi si ritenesse leso nel diritto d'autore potrà contattare il curatore del blog, che provvederà all'immediata rimozione del materiale oggetto di controversia. Grazie.

Tag

Aborto Advent Advento Africa Afrique Alegria Ambiente America Amor Amore Amoris laetitia Anthony Bloom Arabia Saudita Arte Arte cristiana Arte sacra Asia Bibi Ateismo Avent Avvento Bellezza Benedetto XVI Bibbia Bible Biblia Boko Haram Book of Genesis Bruno Forte Capitalismo Cardinal Newman Carême Chiamate in attesa Chiesa China Chrétiens persécutés Church Cibo Cina Cinema Confessione Contemplazione Cristianesimo Cristiani perseguitati Cristianos perseguidos Cristãos perseguidos Cuaresma Cuba Cultura Curia romana Daesh Dialogo Dialogo Interreligioso Dialogue Dio Diritti umani Domenica del Tempo ordinario (A) Domenica del Tempo Ordinario (C) Domenica Tempo ordinario (C) Donna Ecologia Economia Ecumenismo Enciclica Enzo Bianchi Epifania Estados Unidos Eucaristia Europa Evangelizzazione Fame Famiglia Famille Family Família Fede Fondamentalismo France Gabrielle Bossis Gender Genesi Gianfranco Ravasi Giovani Giovedì Santo Giubileo Gregory of Narek Guerra Guglielmo di Saint-Thierry Gênesis Henri Nouwen Iglesia India Iraq ISIS Islam Jacob José Tolentino Mendonça Kenya La bisaccia del mendicante La Cuaresma con Maurice Zundel La Madonna nell’arte La preghiera giorno dopo giorno Laudato si' Le Carême avec Maurice Zundel Lectio Lectio della Domenica - A Lectio Divina Lent LENT with Gregory of Narek Le prediche di Spoleto Libia Libro del Génesis Libro dell'esodo Libro della Genesi Litany of Loreto Litany of Mary Livre de la Genèse Livro do Gênesis Madonna Magnificat Maria Martin Lutero martiri Matrimonio Maurice Zundel Medio Oriente Migranti Misericordia Mission Missione Morte México Natale Navidad Nigeria Noël October Oración Oração Pace Padre nostro Padri del Deserto Paix Pakistan Papa Francesco Papa Francisco Pape François Paraguay Paul VI Paz Perdono Persecuted Christians Persecution of Christians Persecuzione anti-cristiani Persecuzione dei cristiani Pittura Pobres Pobreza Politica Pope Francis Poveri Povertà Prayers Preghiera Profughi Quaresima Quaresima con i Padri del Deserto Quaresma Quaresma com Henri Nouwen Raniero Cantalamessa Rifugiati Rosary Sacramento della Misericordia Santità Scienza Sconfinamenti della Missione Settimana del Tempo Ordinario Silvano Fausti Simone Weil Sinodo Siria Solidarietà Spiritualità Stati Uniti Sud Sudan Synod Terrorismo Terrorismo islamico Testimoni Testimonianza Thomas Merton Tolentino Mendonça Turchia Uganda Vatican Vaticano Venerdì Santo Viaggio apostolico Violenza Virgin Mary Von Balthasar
%d blogger hanno fatto clic su Mi Piace per questo: