COMBONIANUM – Formazione Permanente

UNO SGUARDO MISSIONARIO SUL MONDO E LA CHIESA Missionari Comboniani – Formazione Permanente – Comboni Missionaries – Ongoing Formation

Somos desejados por um amor

Segunda Semana do Advento
Laurence Freeman OSB

IMG_6232

Somos desejados por um amor 

Na passada semana, olhámos o Advento com uma iluminação do desejo. Os seres humanos, que são criaturas de desejo, experienciam o crescimento na autotranscendência e através da transformação do desejo – aquilo que queremos e como o procuramos. Por fim, vemos que não queremos apenas aquilo de que gostamos, mas que queremos a felicidade dos outros.

Nesse autorreconhecimento, expandimo-nos para o Reino, livres da autocentrada órbita do nosso autocriado sofrimento. O catalisador para esta transformação é descobrir progressivamente que somos desejados por um amor que está para além das nossas mais arrojadas fantasias.

O Advento é uma época para sentir como este desejo para além do eventual horizonte da nossa imaginação é arremessado na nossa direção, em toda a doce majestade da sua quietude. Tudo isto é poesia até meditarmos. Então, torna-se “experiência” – mas para além de tudo aquilo em que normalmente pensamos como experiência. Os primeiros pensadores cristãos, que desenharam o plano de base desta teologia, mudaram a nossa antropologia nesse processo. A forma como entendemos Deus muda a forma como nos sentimos sobre nós mesmos. S. Gregório de Nazianzo, por exemplo, escreveu no séc. IV que, em Jesus, a Palavra de Deus assume a sua própria imagem no humano, “para se unir a Si mesmo a uma alma inteligente… para purificar o que Lhe é semelhante”. Esta perceção profunda ajuda-nos a imaginar este fulcral mistério da Fé Cristã a partir de dentro e também como um evento externo.

Deus toma forma no humano mesmo para além do horizonte de eventos do cosmos. Mas esse horizonte está igualmente presente no mais profundo e mais brilhante mistério da alma humana. Deste modo, podemos falar dos dois nascimentos da Palavra – em Deus, eternamente, e na minha alma limitada pelo tempo. E ela vem em três ondas: no grande Princípio de todas as coisas, em Belém, em certa data desconhecida, e no imprevisível final dos tempos. A questão, no nosso Advento deste ano do Senhor é relacionarmos tudo isto com a histeria da “Black Friday”, com o enfeite e o sentimentalismo e com as árvores de Natal nas praças públicas – ou melhor, de forma bem clara, distingui-los.

Esta vinda de Deus ao estado humano, a partir do além e a partir do nosso interior, é a grande revolução da inteligência humana. Uma vez que a tenhamos começado a considerar isso, jamais seremos os mesmos. Ela redefine poder e fraqueza, riqueza e pobreza, tempo e eternidade. Por outras palavras, a Palavra que se fez carne faz explodir a bomba de fissão do paradoxo da realidade. Nunca permitirá que voltemos à indulgência barata das respostas dualistas. Fomos mergulhados na realidade que é mais profunda que o átomo.

Somos atraídos por isto quase na mesma medida em que o tememos. Mas, neste Advento e no nosso encontro com o que vem ter connosco, descobrimos a alegria de ser, a liberdade para amar e a suprema delícia de tomar parte na vida da fonte de nós mesmos.

Na Amazónia, há uma zona em que dois grandes rios, o Amazonas e o Rio Negro, se encontram. A sua confluência é espetacular: um rio de cor preta e um rio cor de areia. Ao longo de seis quilómetros, correm lado a lado, sem se misturarem, por causa da diferença na temperatura e na velocidade a que fluem. Mas, finalmente, reconhecem-se um ao outro como água e tornam-se um só.

http://www.meditacaocrista.com/advento-2016

Annunci

Rispondi

Inserisci i tuoi dati qui sotto o clicca su un'icona per effettuare l'accesso:

Logo WordPress.com

Stai commentando usando il tuo account WordPress.com. Chiudi sessione /  Modifica )

Google+ photo

Stai commentando usando il tuo account Google+. Chiudi sessione /  Modifica )

Foto Twitter

Stai commentando usando il tuo account Twitter. Chiudi sessione /  Modifica )

Foto di Facebook

Stai commentando usando il tuo account Facebook. Chiudi sessione /  Modifica )

w

Connessione a %s...

Informazione

Questa voce è stata pubblicata il 10/12/2017 da in Fé e Espiritualidade, PORTUGUÊS con tag .

San Daniele Comboni (1831-1881)

Inserisci il tuo indirizzo email per seguire questo blog e ricevere notifiche di nuovi messaggi via e-mail.

Segui assieme ad altri 1.563 follower

Follow COMBONIANUM – Formazione Permanente on WordPress.com
dicembre: 2017
L M M G V S D
« Nov   Gen »
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031

  • 181,001 visite

Disclaimer

Questo blog non rappresenta una testata giornalistica. Immagini, foto e testi sono spesso scaricati da Internet, pertanto chi si ritenesse leso nel diritto d'autore potrà contattare il curatore del blog, che provvederà all'immediata rimozione del materiale oggetto di controversia. Grazie.

Tag

Advento Africa Amore Anthony Bloom Arabia Saudita Arte Arte cristiana Arte sacra Bibbia Bible Biblia Boko Haram Book of Genesis Cardinal Newman Carême Chiamate in attesa Chiesa China Chrétiens persécutés Cibo Cina Contemplazione Cristiani perseguitati Cristianos perseguidos Cuaresma Curia romana Dialogo Economia Enzo Bianchi Eucaristia Europa Famiglia Family Família Fede France Gabrielle Bossis Gianfranco Ravasi Giovani Giubileo Gregory of Narek Guerra Guglielmo di Saint-Thierry Gênesis Henri Nouwen Iglesia India Iraq ISIS Islam Jacob José Tolentino Mendonça Kenya La bisaccia del mendicante La Cuaresma con Maurice Zundel La Madonna nell’arte La preghiera giorno dopo giorno Laudato si' Le Carême avec Maurice Zundel Lectio Lectio Divina Lent LENT with Gregory of Narek Libro del Génesis Madonna Magnificat Martin Lutero martiri Matrimonio Maurice Zundel Migranti Misericordia Missione Natal Natale Natale (C) Nigeria Noël P. Cantalamessa Pace Padri del Deserto Pakistan Paolo VI Papa Francesco Papa Francisco Pape François Paz Perdono Persecuted Christians Persecution of Christians Persecuzione dei cristiani Pittura Pope Francis Poveri Povertà Prayers Profughi Quaresima (C) Quaresima con i Padri del Deserto Quaresma Quaresma com Henri Nouwen Raniero Cantalamessa Rifugiati Rosary Sconfinamenti della Missione Silvano Fausti Simone Weil Sinodo Siria Sud Sudan Terrorismo Terrorismo islamico Testimonianza Thomas Merton Tolentino Mendonça Turchia Uganda Vatican Vaticano Venerdì Santo

Categorie

%d blogger hanno fatto clic su Mi Piace per questo: