COMBONIANUM – Spiritualità e Missione

Blog di FORMAZIONE PERMANENTE MISSIONARIA – Uno sguardo missionario sulla Vita, il Mondo e la Chiesa MISSIONARY ONGOING FORMATION – A missionary look on the life of the world and the church

Migrações: Há 63 muros no mundo, quatro vezes mais do que quando caiu o de Berlim

Migrações: Há 63 muros no mundo, quatro vezes mais do que quando caiu o de Berlim

Responsável da Cáritas Internacional disse no Encontro de Agentes Sociopastorais das Migrações que o medo «é o cimento que os mantem de pé»

Alfragide, 13 jan 2018 (Ecclesia) – A diretora de Advocacy da Cáritas International afirmou no Encontro de Agentes Sociopastorais das Migrações que atualmente existem 63 muros “finalizados ou projetados”, fundamentados no medo, e apresentou a campanha “Partilhar a Viagem”.

“Em 1989, ano da queda do muro de Berlim, havia apenas 16 muros em todo o mundo, enquanto atualmente existem 63 finalizados ou projetados”, disse Martina Liebsch na conferência de abertura do encontro.

“Partilhar a Viagem: acolher, proteger, promover e integrar migrantes e refugiados” é o tema do Encontro da Agentes Sociopastorais das Migrações” que decorre no Seminário de Alfragide, em Lisboa, entre os dias 12 e 14 de janeiro.

“Um terço dos países no mundo conta agora com um muro”, referiu diretora de Advocacy da Cáritas International, acrescentando que o medo “é o cimento que os mantem de pé”.

“Gostaríamos de trabalhar para garantir que a migração seja vista como um desafio cheio de oportunidades e não como uma crise que já vivemos há mais de 200 000 anos”, acrescentou.

Natural da Alemanha, Martina Liebsch recordou a “separação de comunidades e famílias” no seu país e disse que as divisões são provocadas pela afirmação do “pequeno eu”.

“Parece-me inconcebível que voltemos a construir muros físicos (e nas nossas cabeças) quando sabemos que apenas nos trazem sofrimento e que não vão travar a realidade que já é cosmopolita pelos meios de comunicação e redes sociais”, sublinhou.

A diretora de Advocacy da Cáritas International alertou para o erro de culpar os migrantes e os refugiados por realidades sociais geradas por “causas estruturais”, como “a violência, o desemprego, a falta de paz e de oportunidades, as desigualdades e a falta de políticas migratórias”.

“Para que as gerações futuras tenham melhores meios para resolver conflitos, a cultura do diálogo tem de ser ensinada para poder, no futuro, resolver os conflitos de maneira diferente à que estamos acostumados”, afirmou.

A campanha da Cáritas, em todo o mundo, “Partilhar a Viagem” é uma proposta de diálogo e quer “fazer frente ao medo e à cultura da indiferença”.

“O apelo da campanha é o de encontrar os migrantes, acolhê-los e também reconhecer os seus direitos e dignidade e a nossa humanidade comum”, afirmou.

“Ver a migração como uma oportunidade para reconhecermos as nossas diferenças e semelhanças e compreender que estamos todos ligados”, acrescentou Martina Liebsch.

O Encontro de Agentes Sociopastorais das Migrações termina este domingo com a celebração do Dia Internacional do Migrante e refugiado.

http://www.agencia.ecclesia.pt

Rispondi

Inserisci i tuoi dati qui sotto o clicca su un'icona per effettuare l'accesso:

Logo di WordPress.com

Stai commentando usando il tuo account WordPress.com. Chiudi sessione /  Modifica )

Google photo

Stai commentando usando il tuo account Google. Chiudi sessione /  Modifica )

Foto Twitter

Stai commentando usando il tuo account Twitter. Chiudi sessione /  Modifica )

Foto di Facebook

Stai commentando usando il tuo account Facebook. Chiudi sessione /  Modifica )

Connessione a %s...

Questo sito utilizza Akismet per ridurre lo spam. Scopri come vengono elaborati i dati derivati dai commenti.

Informazione

Questa voce è stata pubblicata il 13/01/2018 da in Atualidade social, PORTUGUÊS con tag , .

  • 536.028 visite
Follow COMBONIANUM – Spiritualità e Missione on WordPress.com

Inserisci il tuo indirizzo email per seguire questo blog e ricevere notifiche di nuovi messaggi via e-mail.

Unisciti ad altri 928 follower

San Daniele Comboni (1831-1881)

COMBONIANUM

Combonianum è stato una pubblicazione interna di condivisione sul carisma di Comboni. Assegnando questo nome al blog, ho voluto far rivivere questo titolo, ricco di storia e patrimonio carismatico.
Il sottotitolo Spiritualità e Missione vuole precisare l’obiettivo del blog: promuovere una spiritualità missionaria.

Combonianum was an internal publication of sharing on Comboni’s charism. By assigning this name to the blog, I wanted to revive this title, rich in history and charismatic heritage.
The subtitle
Spirituality and Mission wants to specify the goal of the blog: to promote a missionary spirituality.

Sono un comboniano affetto da Sla. Ho aperto e continuo a curare questo blog (tramite il puntatore oculare), animato dal desiderio di rimanere in contatto con la vita del mondo e della Chiesa, e di proseguire così il mio piccolo servizio alla missione.
I miei interessi: tematiche missionarie, spiritualità (ho lavorato nella formazione) e temi biblici (ho fatto teologia biblica alla PUG di Roma)

I am a Comboni missionary with ALS. I opened and continue to curate this blog (through the eye pointer), animated by the desire to stay in touch with the life of the world and of the Church, and thus continue my small service to the mission.
My interests: missionary themes, spirituality (I was in charge of formation) and biblical themes (I studied biblical theology at the PUG in Rome)

Manuel João Pereira Correia combonianum@gmail.com

Disclaimer

Questo blog non rappresenta una testata giornalistica. Immagini, foto e testi sono spesso scaricati da Internet, pertanto chi si ritenesse leso nel diritto d’autore potrà contattare il curatore del blog, che provvederà all’immediata rimozione del materiale oggetto di controversia. Grazie.

Categorie

%d blogger hanno fatto clic su Mi Piace per questo: