COMBONIANUM – Formazione Permanente

UNO SGUARDO MISSIONARIO SUL MONDO E LA CHIESA Missionari Comboniani – Formazione Permanente – Comboni Missionaries – Ongoing Formation

82 % da riqueza mundial gerada foi parar às mãos de 1 % da população mundial mais rica

1

A desigualdade continua a agravar-se. No ano passado, 82 % da riqueza mundial gerada foi parar às mãos de 1 % da população mundial mais rica.

Mais uma vez, reuniram-se em Davos, num encontro promovido anualmente pelo Fórum Económico Mundial, mais de 340 chefes de Estado e de governo. Na agenda esteve a luta contra as crescentes desigualdades económicas em todo o mundo.

O mundo, de facto, está cada vez mais desigual e essas desigualdades são facilmente perceptíveis nas nossas cidades. Os dados do relatório «Recompensem o trabalho, não a riqueza», da Oxfam, mostram o tamanho da concentração de rendimento e da desigualdade social em todo o mundo. Segundo aquela organização não-governamental britânica, a desigualdade continua a agravar-se. No ano passado, 82 % da riqueza mundial gerada foi parar às mãos de 1 % da população mundial mais rica. Entretanto, os 50 % mais pobres – 3700 milhões de pessoas – não beneficiaram em nada com o crescimento. Apesar do crescimento económico, quase 40 milhões de pessoas ainda vivem abaixo da linha de pobreza.

No ano passado, produziu-se o maior aumento da História no número de pessoas cujas fortunas superam os mil milhões de dólares, com um novo multimilionário a cada dois dias. No total, há 2043 multimilionários em todo o mundo, que formam um restrito clube: de cada dez, nove são homens. Em doze meses, a riqueza dessa elite de super-ricos aumentou em 762 mil milhões de dólares. Riqueza suficiente para acabar com a pobreza extrema sete vezes. Nos Estados Unidos, por exemplo, as três pessoas mais ricas do país detêm a mesma riqueza que a metade mais pobre da população, ou seja, 160 milhões de pessoas.

Perante esse cenário de desigualdade, o Papa Francisco exortou os líderes políticos e financeiros a criarem condições para «a construção de sociedades mais inclusivas, justas e solidárias». O Santo Padre salienta que «o mundo não pode continuar silencioso diante do sofrimento de milhões de pessoas feridas na sua dignidade, nem pode continuar a seguir em frente como se os dramas da pobreza ou da injustiça não existissem».

O papa alerta para as consequências sociais que resultam de um «estilo de vida egoísta» ou baseado na «opulência». Chagas como o desemprego ou a pobreza crescente que criaram novas formas de «escravatura» e alargaram as «discrepâncias socioeconómicas» entre as pessoas, «em muitas regiões do mundo».

Actualmente, é difícil encontrar um dirigente político ou empresarial que não expresse a sua preocupação pela desigualdade. A cúpula de Davos também reconhece os riscos de uma crescente desigualdade, que contribui «para a polarização política e a erosão da coesão social em muitas economias avançadas e emergentes». E adverte o fórum de que o crescimento dos últimos cinco anos não serviu para reduzir a pobreza nem para aumentar o rendimento familiar. No entanto, a única receita que propõe é um novo índice para medir o desempenho da economia de forma mais inclusiva.

Para superar a desigualdade requerem-se iniciativas e programas inovadores que mudem o paradigma económico vigente, que gera exclusão e beneficia minorias. É necessário pôr em prática um modelo alternativo que recompense o trabalho e não a riqueza. Só desse modo poderemos fechar o abismo, cada vez mais amplo, que existe entre ricos e pobres.

Revista Além-Mar, Fevereiro 2018

Annunci

Rispondi

Inserisci i tuoi dati qui sotto o clicca su un'icona per effettuare l'accesso:

Logo WordPress.com

Stai commentando usando il tuo account WordPress.com. Chiudi sessione /  Modifica )

Google+ photo

Stai commentando usando il tuo account Google+. Chiudi sessione /  Modifica )

Foto Twitter

Stai commentando usando il tuo account Twitter. Chiudi sessione /  Modifica )

Foto di Facebook

Stai commentando usando il tuo account Facebook. Chiudi sessione /  Modifica )

w

Connessione a %s...

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Informazione

Questa voce è stata pubblicata il 17/02/2018 da in Atualidade social, PORTUGUÊS con tag , , .

San Daniele Comboni (1831-1881)

Inserisci il tuo indirizzo email per seguire questo blog e ricevere notifiche di nuovi messaggi via e-mail.

Segui assieme ad altri 1.610 follower

Follow COMBONIANUM – Formazione Permanente on WordPress.com
febbraio: 2018
L M M G V S D
« Gen   Mar »
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728  

  • 194,069 visite

Disclaimer

Questo blog non rappresenta una testata giornalistica. Immagini, foto e testi sono spesso scaricati da Internet, pertanto chi si ritenesse leso nel diritto d'autore potrà contattare il curatore del blog, che provvederà all'immediata rimozione del materiale oggetto di controversia. Grazie.

Tag

Advento Africa Ambiente Amore Anthony Bloom Arabia Saudita Arte sacra Bibbia Bible Biblia Boko Haram Book of Genesis Cardinal Newman Carême Chiamate in attesa Chiesa China Chrétiens persécutés Cina Contemplazione Cristianos perseguidos Cuaresma Curia romana Daesh Dal rigattiere di parole Dialogo Diritti umani Economia Enzo Bianchi Eucaristia Europa Famiglia Family Família Fede France Gabrielle Bossis Genesi Gianfranco Ravasi Giovani Giubileo Gregory of Narek Guerra Guglielmo di Saint-Thierry Gênesis Henri Nouwen Iglesia India Iraq ISIS Islam Italia Jacob José Tolentino Mendonça Kenya La bisaccia del mendicante La Cuaresma con Maurice Zundel La preghiera giorno dopo giorno Laudato si' Le Carême avec Maurice Zundel Lectio Lent LENT with Gregory of Narek Libro del Génesis Magnificat Martin Lutero martiri Matrimonio Maurice Zundel Migranti Misericordia Missione Natal Natale Natale (C) Nigeria P. Cantalamessa Pace Padri del Deserto Pakistan Paolo VI Papa Francesco Papa Francisco Pape François Paz Pedofilia Perdono Persecuted Christians Persecution of Christians Persecuzione dei cristiani Pittura Pobreza Pope Francis Poveri Povertà Prayers Profughi Quaresima (C) Quaresima con i Padri del Deserto Quaresma Quaresma com Henri Nouwen Raniero Cantalamessa Rifugiati Sconfinamenti della Missione Silvano Fausti Simone Weil Sinodo Siria Sud Sudan Terrorismo Terrorismo islamico Testimonianza Thomas Merton Tolentino Mendonça Turchia Uganda Vatican Vaticano Venerdì Santo Virgin Mary

Categorie

%d blogger hanno fatto clic su Mi Piace per questo: