COMBONIANUM – Formazione Permanente

UNO SGUARDO MISSIONARIO SUL MONDO E LA CHIESA Missionari Comboniani – Formazione Permanente – Comboni Missionaries – Ongoing Formation

Bispos europeus e africanos em Fátima discutem sobre a globalização


Comunicado publicado em conjunto pelo CCEE e pelo SECAM
São Galo / Acra, 16 de abril de 2018 

Anúncio dos participantes no Seminário CCEE-SECAM

400fFátima, 12-15 de abril de 2018

Reunidos em Fátima, de 12 a 15 de abril de 2018, as delegações de bispos Africanos (SECAM) e de Bispos Europeias (CCEE) discutiram o actual e importante tema do significado da globalização para a Igreja e para as Culturas na Europa e em África.

Os bispos expressaram gratidão ao Santo Padre Francisco pelo seu magistério e pelo seu testemunho de serviço universal. Elevando fervorosas orações pela Sua pessoa, a Nossa Senhora de Fátima.

A Igreja Católica, sendo universal, rica pela sua experiência bimilenária e pela sua existência em todo o mundo, apresenta-se como testemunha e perita no desenvolvimento da pessoa humana e de toda a humanidade.

A globalização é um processo dinâmico, polivalente, e toca todos os aspetos da vida individual, familiar e social, incluindo a economia, a política, a cultura e a religião.

É ambivalente. Por um lado, oferece solidariedade entre nações e povos; pode servir a justiça e a paz; pode levar à partilha das riquezas espirituais e materiais a nível local e mundial; pode difundir ideias e valores nobres e construtivos.

Por outro lado, a globalização, quando marcada pelo pecado como hoje em dia acontece frequentemente, tende a gerar um fosso entre ricos e pobres, entre os poderosos e os mais débeis; reforça a luta pelo poder, por um sempre maior lucro e pelo hedonismo; destrói o legado de alta cultura, da espiritualidade e da dignidade humana, desencadeando uma desconstrução dos fundamentos da existência tais como o direito incondicional à vida (aborto, eutanásia, eugenismo). Em algumas áreas do mundo, um certa pós-modernidade irracional leva inclusive a uma animalização do humano e à humanização do animal.

Aqui emerge a importância decisiva do culto: o culto a Deus acontece na relação do homem com o Princípio e o Fim da história e de todo o universo. É graças à relação com Deus que o homem encontra o significado último da sua caminhada terrena, uma caminhada que se torna uma peregrinação em direcção ao Fim: isso não é dissolução, mas realização completa e plenitude de vida. Na adoração, o homem encontra – juntamente com o sentido da vida – a orientação moral, o caminho de viver no Bem e, portanto, de viver bem, da vida boa. Sem a afeição a Deus, o homem – e a cultura que daí decorre – permanece prisioneira do tempo, da imanência: a cultura é exposta ao relativo, sujeita a mudanças contínuas.

Tanto a multiplicação de muitos conflitos armados, como o actual drama dos refugiados e dos migrantes são também frutos amargos da globalização. A Igreja pede respeito pela criação, pela ecologia humana, pelo humanismo integral, do homem criado à imagem e semelhança de Deus e dotado de uma intrínseca dignidade.

O objetivo destrutivo de certas ideologias é evidente: a sociedade erotizada, o pan-sexualismo e a teoria do género ameaçam a instituição do casamento e da família. O resultado é uma sociedade cada vez mais atomizada, privada de relacionamentos duradouros e que condena todos à solidão. A juventude é a primeira vítima destas propostas perniciosas, mas olhamos com grande esperança para o próximo Sínodo. Tais ideologias pesam fortemente sobre a vida futura dos jovens que deveria, em vez disso, assentar na fidelidade e no respeito entre os cônjuges e entre todos os membros da comunidade familiar. Os aspectos negativos da globalização exigem vigilância ativa e corajosa por parte dos sacerdotes, das pessoas consagradas, dos leigos, de todos os crentes e das pessoas de boa vontade.

Os bispos, como pastores e sucessores dos Apóstolos têm uma missão particularmente exigente. Os bispos africanos e europeus presentes em Fátima dirigem um apelo urgente em vista de uma ação efetiva de apoio às famílias na sua responsabilidade educativa. E neste acompanhamento das famílias é necessário promover quer o contato pessoal, quer o bom uso dos meios de comunicação. Sem esquecer que a defesa dos pobres, doentes, marginalizados e fracos, não é opcional, mas um imperativo.

Os bispos, que representam a África e a Europa, renovam a dedicação às suas comunidades e aos seus continentes. Eles invocam de Deus o dom da paz para o mundo, especialmente para as muitas regiões onde os conflitos continuam ou se intensificam.

Ao mesmo tempo que agradecemos à Diocese de Leiria-Fátima e ao Santuário pelo acolhimento nestes dias, confiamos a Nossa Senhora o nosso empenho, bem como o dos nossos sacerdotes e das comunidades cristãs, para proclamar o Evangelho e, assim, ser fermento de alegria e de confiança em benefício de todos. Sentimos como uma urgência o dever de animar cada processo humano em direção à sua plenitude, que se encontra em Jesus Cristo.

Simpósio das Conferências Episcopais de África e Madagáscar (SECAM) compreende as 37 Conferências Episcopais Nacionais e as 8 (oito) Conferências Episcopais Regionais . O Presidente é o Senhor D. Gabriel Mblingi, Arcebispo do Lubango (Angola). O primeiro Vice-Presidente é o senhor Dom Mathieu Madega Lebouakehan, Bispo de Mouila (Gabão); o segundo vice-presidente é o Senhor D. Sithembele Anton Sipuka, Bispo de Mthatha (África do Sul); o Secretário Geral é Ver. P. Joseph Komakoma. O Secretariado tem a sua sede em Acra, Gana.www. Secam.org / Sceam.org

O Conselho das Conferências Episcopais da Europa   da Europa (CCEE) atualmente reúne 33 Conferências Episcopais Europeias, e ainda os Arcebispos do Luxemburgo e do Principado de Mônaco, o Arcebispo Maronita de Chipre e o Bispo de Chişinău (República da Moldávia), o Bispo Eparquial de Mukachevo e o Administrador Apostólico da Estônia. O Presidente é o cardeal Angelo Bagnasco, arcebispo de Génova (Itália); Vice-presidentes são o cardeal Vincent Nichols, arcebispo de Westminster (Inglatera e Gales), e o Senhor D. Stanisław Gądecki, Arcebispo de Poznań (Polónia). O Secretário Geral é o Mons. Duarte da Cunha. O Secretariado está sediado em St Gallen (Suíça) www.ccee.eu

Annunci

Rispondi

Inserisci i tuoi dati qui sotto o clicca su un'icona per effettuare l'accesso:

Logo WordPress.com

Stai commentando usando il tuo account WordPress.com. Chiudi sessione /  Modifica )

Google+ photo

Stai commentando usando il tuo account Google+. Chiudi sessione /  Modifica )

Foto Twitter

Stai commentando usando il tuo account Twitter. Chiudi sessione /  Modifica )

Foto di Facebook

Stai commentando usando il tuo account Facebook. Chiudi sessione /  Modifica )

w

Connessione a %s...

Informazione

Questa voce è stata pubblicata il 16/04/2018 da in Atualidade religiosa, PORTUGUÊS con tag , , , , .

San Daniele Comboni (1831-1881)

Inserisci il tuo indirizzo email per seguire questo blog e ricevere notifiche di nuovi messaggi via e-mail.

Segui assieme ad altri 1.563 follower

Follow COMBONIANUM – Formazione Permanente on WordPress.com
aprile: 2018
L M M G V S D
« Mar    
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30  

  • 180,996 visite

Disclaimer

Questo blog non rappresenta una testata giornalistica. Immagini, foto e testi sono spesso scaricati da Internet, pertanto chi si ritenesse leso nel diritto d'autore potrà contattare il curatore del blog, che provvederà all'immediata rimozione del materiale oggetto di controversia. Grazie.

Tag

Advento Africa Amore Anthony Bloom Arabia Saudita Arte Arte cristiana Arte sacra Bibbia Bible Biblia Boko Haram Book of Genesis Cardinal Newman Carême Chiamate in attesa Chiesa China Chrétiens persécutés Cibo Cina Contemplazione Cristiani perseguitati Cristianos perseguidos Cuaresma Curia romana Dialogo Economia Enzo Bianchi Eucaristia Europa Famiglia Family Família Fede France Gabrielle Bossis Gianfranco Ravasi Giovani Giubileo Gregory of Narek Guerra Guglielmo di Saint-Thierry Gênesis Henri Nouwen Iglesia India Iraq ISIS Islam Jacob José Tolentino Mendonça Kenya La bisaccia del mendicante La Cuaresma con Maurice Zundel La Madonna nell’arte La preghiera giorno dopo giorno Laudato si' Le Carême avec Maurice Zundel Lectio Lectio Divina Lent LENT with Gregory of Narek Libro del Génesis Madonna Magnificat Martin Lutero martiri Matrimonio Maurice Zundel Migranti Misericordia Missione Natal Natale Natale (C) Nigeria Noël P. Cantalamessa Pace Padri del Deserto Pakistan Paolo VI Papa Francesco Papa Francisco Pape François Paz Perdono Persecuted Christians Persecution of Christians Persecuzione dei cristiani Pittura Pope Francis Poveri Povertà Prayers Profughi Quaresima (C) Quaresima con i Padri del Deserto Quaresma Quaresma com Henri Nouwen Raniero Cantalamessa Rifugiati Rosary Sconfinamenti della Missione Silvano Fausti Simone Weil Sinodo Siria Sud Sudan Terrorismo Terrorismo islamico Testimonianza Thomas Merton Tolentino Mendonça Turchia Uganda Vatican Vaticano Venerdì Santo

Categorie

%d blogger hanno fatto clic su Mi Piace per questo: