COMBONIANUM – Formazione e Missione

— Sito di FORMAZIONE PERMANENTE MISSIONARIA — Uno sguardo missionario sulla Vita, il Mondo e la Chiesa — Blog of MISSIONARY ONGOING FORMATION — A missionary look on the life of the world and the church

“Noite das igrejas”: Culto e cultura antiga e contemporânea unidas em iniciativa que atravessa a Europa

Nuit-eglises-Etampes-juillet-2014_0_730_486


Mais de seis centenas de igrejas e capelas em França voltam a estar abertas após o pôr do sol entre 30 de junho e 7 de julho, naquela que é a oitava edição da “Noite das igrejas”.

A iniciativa «permite às comunidades cristãs locais, mesmo nas povoações mais pequenas, vivenciar ou reapropriar-se da sua igreja, lugar da sua história e das suas raízes», considera o iniciador do projeto, o bispo Jean Legrez.

Ao mesmo tempo, acolhem-se amplamente todos aqueles que desejem (re)conhecer o património, como «artistas, visitantes, curiosos, pessoas que se interrogam, etc.», assinala o arcebispo de Albi.

Os programas, variados, incluem visitas guiadas ou à luz das velas, concertos, exposições de criações contemporâneas ou de paramentos e alfaias litúrgicas, leituras, tempos de oração.

A Conferência Episcopal Francesa refere que «os campanários, que fazem parte da identidade própria de uma aldeia ou povoação, são hoje, com demasiada frequência, sinais de igrejas fechadas. No entanto, estes edifícios que muitas vezes pertencem às instituições concelhias, são mantidos com solicitude».

«A comunidade humana local está muito ligada ao seu campanário como marca implantada no seu território. Mas os cristãos que vivem à sombra dessas igrejas, por vezes pouco numerosos localmente, podem contentar-se com essa situação? Não há realmente nada a fazer?», questionam os bispos.

Depois de sublinhar que «os cristãos de hoje são os herdeiros daqueles que lhes transmitiram esse património – arquitetura, esculturas, estandartes, ornamentos, vitrais, pinturas, ex-votos», o episcopado recorda a relação próxima entre a Igreja e a arte.

«As igrejas foram sempre espaços de criação artística: a visão dos artistas contemporâneos sobre o mundo permite reinventá-lo, de despertar os sentidos para a beleza que nos rodeia. O património não é só conservação de coisas velhas, mas é alimento para o presente».

Por isso, «as obras de arte, mesmo modestas, que as igrejas abrigam, são a memória das liturgias que serviram ou das práticas devocionais que acompanharam».

«Fazer redescobrir aos visitantes o porquê e o como destas obras é hoje imperativo: trata-se de revestir de sentido o que parece tê-lo perdido. Por fim, é oferecida uma ocasião de estabelecer relações com artistas, mas também com os eleitos ou responsáveis de associações culturais, cristãos que amam as suas igrejas», assinala a Conferência Episcopal.

É uma «imagem forte» a possibilitada pelo projeto: «O sinal da noite, a visão de uma igreja iluminada do interior, grandes portas abertas para acolher todos aqueles que desejam entrar e que não o ousam habitualmente. Consciente da importância da experiência sensível para os seus contemporâneos, a Igreja católica tomou a iniciativa desta “Noite das igrejas”.

«Transpor a porta da igreja é acolher quem passa, é ir ao encontro daquele que entra». E por isso «são numerosos os testemunhos» de quem atravessa o umbral «e das maravilhas que se descobrem».

Muitas vezes, a noite «termina com um momento mais espiritual: leitura de alguns textos da Escritura, lucernário, cantos, orações ou textos poéticos. O limiar que cada um é chamado a transpor é o da igreja, mas também o de um momento de interioridade, talvez inesperado».

Os cristãos, por seu lado, ao saírem da igreja, «são convidados a transpor o limiar do encontro, do diálogo e da partilha», assinala o episcopado francês.

A página dedicada ao projeto tem um espaço dedicado aos responsáveis da igrejas, com recursos para dinamizar o serão, e outro destinado aos potenciais visitantes, com um mapa e a indicação de horários e espaços mais interessantes a conhecer.

(…)

SNPC
Fontes: Conferência Episcopal FrancesaRadio Praha
Imagem: D.R.
Publicado em 07.06.2018

Annunci

Rispondi

Inserisci i tuoi dati qui sotto o clicca su un'icona per effettuare l'accesso:

Logo WordPress.com

Stai commentando usando il tuo account WordPress.com. Chiudi sessione /  Modifica )

Google+ photo

Stai commentando usando il tuo account Google+. Chiudi sessione /  Modifica )

Foto Twitter

Stai commentando usando il tuo account Twitter. Chiudi sessione /  Modifica )

Foto di Facebook

Stai commentando usando il tuo account Facebook. Chiudi sessione /  Modifica )

Connessione a %s...

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Informazione

Questa voce è stata pubblicata il 30/06/2018 da in Atualidade eclesial, PORTUGUÊS.

San Daniele Comboni (1831-1881)

Inserisci il tuo indirizzo email per seguire questo blog e ricevere notifiche di nuovi messaggi via e-mail.

Segui assieme ad altri 418 follower

Follow COMBONIANUM – Formazione e Missione on WordPress.com
giugno: 2018
L M M G V S D
« Mag   Lug »
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
252627282930  

  • 221.394 visite

Disclaimer

Questo blog non rappresenta una testata giornalistica. Immagini, foto e testi sono spesso scaricati da Internet, pertanto chi si ritenesse leso nel diritto d'autore potrà contattare il curatore del blog, che provvederà all'immediata rimozione del materiale oggetto di controversia. Grazie.

Categorie

%d blogger hanno fatto clic su Mi Piace per questo: