COMBONIANUM – Spiritualità e Missione

–– Sito di FORMAZIONE PERMANENTE MISSIONARIA –– Uno sguardo missionario sulla Vita, il Mondo e la Chiesa A missionary look on the life of the world and the church –– VIDA y MISIÓN – VIE et MISSION – VIDA e MISSÃO ––

As sete antífonas do ‘Ó’: celebrando o mistério da vinda de Jesus


The_Merode_Altar_Piece_-_Robert_Campin_(Detail)


De 17 a 23 de dezembro, durante a semana que precede o Natal, as sete antífonas que acompanham o cântico do Magnificat nas Vésperas da Liturgia das Horas, são composições poéticas que formam uma série conhecida como as “antífonas maiores”, comumente chamadas de “antífonas do Ó”, porque todas elas iniciam com a exclamação e invocação “Ó” dirigida a Jesus Cristo.

Embora sua origem não seja muito clara, estas sete antífonas seguramente já eram conhecidas e utilizadas na época do Papa Gregório Magno, em torno dos anos 600.
Elas são uma série de invocações messiânicas, cada uma delas se concentrando num título messiânico diferente e particular:

Ó Sapientia –  Ó Sabedoria
Ó Adonai –  Ó Senhor;
Ó Radix Jesse – Ó Raiz de Jessé;
Ó Clavis David – Ó Chave de Davi;
Ó Oriens – Ó Oriente;
Ó Rex gentium – Ó Rei das nações;
Ó Emmanuel – Ó Emmanuel.

As sete antífonas retomam títulos messiânicos do Antigo e do Novo Testamento. A sétima invocação, Ó Emmanuel, é uma invocação exclusivamente cristã, pois somente os seguidores de Jesus reconhecem-no como “Deus conosco”. Em seu conjunto elas constituem-se num compêndio de cristologia, fruto da teologia e da grande pesquisa e reflexão cristológica dos padres da Igreja nos primeiros séculos. Pode-se afirmar que elas são uma rica expressão do princípio “lex orandi, lex credendi“: a Igreja celebra o que ela crê, refletindo sua fé no contexto litúrgico.

Uma observação atenta da primeira letra de cada um dos títulos citados nas sete antífonas, consideradas na sequencia inversa, permite identificar a formação de um acróstico, que resulta numa expressão bem significativa em resposta às invocações no contexto do advento: ERO CRAS, que significa “serei amanhã” ou “virei amanhã”.

É possível observar também uma estrutura comum a todas as sete antífonas:

a) Cada antífona começa com uma invocação endereçada ao Messias através de um título messiânico;
b) Este título é ilustrado com referência a alguns atributos do Messias ou a algum evento crucial na história da salvação;
c) A antífona culmina com a súplica “Vem…”, e segue explicitando ainda mais as razões da súplica (salvar, acudir, libertar, mostrar o caminho…).

Apresentamos a seguir os textos integrais das sete antífonas, em latim e traduzidos (conforme a Liturgia das Horas, versão brasileira).

Na sequência, incluímos a versão das “Antífonas do Ó” do Ofício Divino das Comunidades. Para o ofício da novena de Natal, na versão brasileira, Reginaldo Veloso acrescentou duas novas, inserindo as expressões “Mistério” e “Libertação”, para completar os dias da novena. Cristo é o “Mistério” escondido e agora manifestado para trazer a Boa Nova e “Libertação” aos oprimidos (Ef 1,9-10 e Gl 4,4-7 respectivamente).

Die 17 Decembris

O Sapientia
quæ ex ore Altissimi prodisti,
attingens a fine usque ad finem,
fortiter suaviter disponens omnia:
Veni ad docendum nos viam prudentiae.

17 de dezembro

Ó Sabedoria (Isaías 11: 2-3)
que saístes da boca do Altíssimo
e atingis os confins de toda a terra
E com força e suavidade governais o mundo inteiro:
oh, Vinde ensinar-nos o caminho da prudência!

Die 18 Decembris

O Adonai
et Dux domus Israel,
qui Moysi in igne flammæ rubi apparuisti
et ei in Sina legem dedisti:
Veni ad redimendum nos in brachio extento.

18 de dezembro

Ó Adonai (Isaías 11: 4-5)
guia da casa de Israel,
que aparecestes a Moises na sarça ardente
e lhe deste vossa lei sobre o Sinai
Vinde salvar-nos com o braço poderoso.

Die 19 Decembris

O Radix Jesse
qui stas in signum populorum,
super quem continebunt reges os suum,
quem gentes deprecabuntur:
Veni ad liberandum nos; jam noli tardare.

19 de dezembro

Ó Raiz de Jessé, ó estandarte(Isaías 11:1)
levantado em sinal para as nações,
ante vós se calarão os reis da terra
e as nações invocarão invocarão misericórdia:
Vinde salvar-nos-nos! Libertai-nos sem demora.

Die 20 Decembris

O Clavis David
et sceptrum domus Israel:
qui aperis, et nemo claudit;
claudis et nemo aperit:
Veni, et educ vinctum de domo carceris,
sedentem in tenebris et umbra mortis.

20 de dezembro

Ó Chave de Davi,
Cetro da casa de Israel
que abris e ninguém fecha,
que fechais e ninguém abre:
Vinde logo e libertai o homem prisioneiro
Que nas trevas e na sombra da morte está sentado!

Die 21 Decembris

O Oriens
splendor lucis æternæ, et sol justitiæ
Veni et illumina sedentes in tenebris
et umbra mortis.

21 de dezembro

Ó Sol nascente justiceiro (Isaías 9:2)
resplendor da Luz eterna:
oh vinde e iluminai os que os que jazem nas trevas
e na sombra do pedado e da morte estão sentados!

Die 22 Decembris

O Rex gentium
et desideratus earum
lapisque angularis,
qui facis utraque unum:
Veni et salva hominem quem de limo formasti.

22 de dezembro

Ó Rei das nações (Isaías 9:6)
desejado dos povos,
Ó Pedra angular, que os povos unis:
Oh, Vinde e salvai este homem tão frágil,
Que um dia criastes do barro da terra!

Die 23 Decembris

O Emmanuel,
Rex et legifer noster,
exspectatio gentium,
et Salvador earum:
Veni ad salvandum nos, Domine Deus noster.

23 de dezembro

Ó Emanuel: Deus-conosco (Isaías 7:14)
nosso Rei legislador,
esperança das nações e dos povos Salvador:
Vinde enfim para salvar-nos,
ó Senhor nosso Deus!

wwww.ihu.unisinos.br

Annunci

Rispondi

Inserisci i tuoi dati qui sotto o clicca su un'icona per effettuare l'accesso:

Logo WordPress.com

Stai commentando usando il tuo account WordPress.com. Chiudi sessione /  Modifica )

Google photo

Stai commentando usando il tuo account Google. Chiudi sessione /  Modifica )

Foto Twitter

Stai commentando usando il tuo account Twitter. Chiudi sessione /  Modifica )

Foto di Facebook

Stai commentando usando il tuo account Facebook. Chiudi sessione /  Modifica )

Connessione a %s...

Questo sito utilizza Akismet per ridurre lo spam. Scopri come vengono elaborati i dati derivati dai commenti.

Informazione

Questa voce è stata pubblicata il 17/12/2018 da in Fé e Espiritualidade, PORTUGUÊS con tag .

  • 318.848 visite
Follow COMBONIANUM – Spiritualità e Missione on WordPress.com

Inserisci il tuo indirizzo email per seguire questo blog e ricevere notifiche di nuovi messaggi via e-mail.

Segui assieme ad altri 722 follower

San Daniele Comboni (1831-1881)

COMBONIANUM

Combonianum è stata una pubblicazione interna nata tra gli studenti comboniani nel 1935. Ho voluto far rivivere questo titolo, ricco di storia e di patrimonio carismatico.
Sono un comboniano affetto da Sla. Ho aperto e continuo a curare questo blog (tramite il puntatore oculare), animato dal desiderio di rimanere in contatto con la vita del mondo e della Chiesa, e di proseguire così il mio piccolo servizio alla missione.
Pereira Manuel João (MJ)
combonianum@gmail.com

Disclaimer

Questo blog non rappresenta una testata giornalistica. Immagini, foto e testi sono spesso scaricati da Internet, pertanto chi si ritenesse leso nel diritto d’autore potrà contattare il curatore del blog, che provvederà all’immediata rimozione del materiale oggetto di controversia. Grazie.

Categorie

%d blogger hanno fatto clic su Mi Piace per questo: