COMBONIANUM – Spiritualità e Missione

Blog di FORMAZIONE PERMANENTE MISSIONARIA – Uno sguardo missionario sulla Vita, il Mondo e la Chiesa MISSIONARY ONGOING FORMATION – A missionary look on the life of the world and the church

Archivi categoria: PORTUGUÊS

Outono e ocaso da vida

Os dias do ano, as recordações, a memória das coisas e dos sentimentos. No livro “Ogni cosa alla sua stagione” (Ed. Einaudi, 127 páginas), o monge e teólogo italiano Enzo Bianchi repassa traços sugestivos da sua vida, das atmosferas e das figuras que o acompanharam no caminho.

22/09/2020 · Lascia un commento

25° Domingo do Tempo Comum (A)

Deixa-se encontrar pelos que O invocam. Ainda melhor, Ele é que, com frequência, dá os primeiros passos em busca de operários que trabalhem em sua vinha. O salário a todos prometido será um salário justo, mas de uma justiça regida por sua bondade.

17/09/2020 · Lascia un commento

Rios: Águas transfronteiriças e o «imperativo urgente» de cuidar da água

Cerca de 40% da população mundial vive em bacias fluviais partilhadas por dois ou mais países. A segurança hídrica é cada vez mais incerta, um trajecto que está a levar os grandes cursos de água natural a desaguarem em conflitos internacionais.

10/09/2020 · Lascia un commento

24° Domingo do Tempo Comum (A)

É verdade que Deus nos torna capazes de perdoar, porque outros o testemunharam; mas, ao mesmo tempo, ele é incapaz de perdoar sem nós. Mesmo sendo divino, o perdão continua sendo humano, no sentido de que ele nunca é fácil de oferecer e de acolher.

09/09/2020 · Lascia un commento

Missão é encontro

O Ir. Pablo Ostos percorre a pé os caminhos da missão de Chitima, em Moçambique. Uma oportunidade para ter encontros inesperados e para partilhar a vida e a alegria do Evangelho.

09/09/2020 · Lascia un commento

A filosofia do século XX está falida; é preciso uma paideia contemporânea. Entrevista especial com Rossano Pecoraro

A filosofia do tempo presente, a filosofia da nossa atualidade está prestes a implodir. Ela arrasta-se; cansada, extenuada, incapaz de se fazer ouvir, totalmente inábil – Rossano Pecoraro

08/09/2020 · Lascia un commento

23° Domingo do Tempo Comum (A)

Mateus está se referindo aqui a nenhuma estrutura hierárquica de sua Igreja do primeiro século… O que significa que a responsabilidade pelo ser juntos e pelo viver juntos dos discípulos é confiada a todos os membros da Igreja, a todos os cristãos, para garantir a unidade de toda a Igreja

04/09/2020 · Lascia un commento

«Amar a Igreja é fazê-la arder»: Três rumos na Igreja para o pós-pandemia

Há uma parte da Igreja que está apegada ao tradicionalismo e por isso continuará a empenhar-se pelo antigo normal. Há outro segmento que poderá mudar os seus rumos, porque se considera peregrina, em busca da essência do cristianismo. Finalmente, há a Igreja na pós-pandemia que poderá mudar os seus rumos para mais.

04/09/2020 · Lascia un commento

Silêncio, pelo Card. Tolentino Mendonça

O silêncio é indispensável. É uma condição da nossa existência. Sem o silêncio, as realidades sobrepõem-se – palavra acima de palavra –, e não damos espaço a uma audição efetiva da realidade, seja a externa, seja a nossa interior. O silêncio costura-nos. É uma espécie de linha que atravessa todas as coisas da nossa vida, mesmo quando não nos apercebemos dele.

03/09/2020 · Lascia un commento

Ravasi – A sustentabilidade segundo a Bíblia

Há uma palavra que enche as bocas, mas deixa indiferente as mãos e, portanto, o empenho das pessoas: sustentabilidade. No interior da “Laudato si’” ressoa pelo menos uma dúzia de vezes. A Palavra de Deus condena repetidamente a exploração insensata e egoísta dos bens que Deus destinou universalmente à humanidade.

01/09/2020 · Lascia un commento

A Covid-19: não adianta só limar os dentes do lobo. Artigo de Leonardo Boff

Se conseguirmos uma vacina que anule seus efeitos malignos e elimine a covid-19, estamos seguros de termos eliminado o vírus maior: o sistema, produtor da devastação da natureza e em consequência a liberação de mais vírus?

28/08/2020 · Lascia un commento

22° Domingo do Tempo Comum (A)

A Nova Aliança, anunciada por Jeremias, foi realizada por Jesus. Ambos os profetas animados pela mesma paixão, o anúncio da Palavra, e compartilhando da mesma fidelidade para com Deus, apesar da rejeição da qual foram objeto.

27/08/2020 · Lascia un commento

“Para que você está aqui?”, pergunta Timothy Radcliffe, prestes a completar 75 anos

Eu suponho que quase todo mundo se faz a pergunta: “O que eu devo fazer em seguida?” em algum momento das nossas vidas; quando alguém termina os seus estudos, talvez, ou quando é atingido por algum tipo de crise de meia-idade, ou quando se aproxima do fim

23/08/2020 · Lascia un commento

21° Domingo do Tempo Comum (A)

E vós, quem dizeis que eu sou? Eis a questão decisiva que marca o final da primeira parte do evangelho de Mateus… Esta mesma questão segue sendo posta hoje e pede a cada um de nós respondê-la.

19/08/2020 · Lascia un commento

É preciso parar os relógios e anunciar um ‘tempo para a criação’

“O Tempo para a Criação é a expressão da espiritualidade e da vontade coletiva de desfazer o nó do capitalismo e sua roda dentada”, defende a teóloga Nancy Cardoso Pereira. É preciso dar um “tempo para a Criação” e ser capaz de deixar o planeta viver sem a pressão do “tempo para o lucro”

18/08/2020 · Lascia un commento

Timothy Radcliffe – O isolamento da igreja

Fomos atingidos por três formas de isolamento. A maioria de nós foi separada da própria família e amigos durante esse isolamento social. Depois, há o doloroso isolamento da exclusão da presença física durante a Eucaristia. A terceira forma de isolamento que muitos de nós experimentamos nestes dias foi a morte de amigos e familiares.

17/08/2020 · Lascia un commento

Assunção da Virgem Santa Maria: Não temos aqui morada permanente

A solenidade da Assunção constitui um contraponto ao «risco de considerar que se encontra aqui, neste mundo onde só estamos de passagem, a derradeira finalidade da existência humana. Ao contrário, o Paraíso é a verdadeira meta da nossa peregrinação terrena.

14/08/2020 · Lascia un commento

20° Domingo do Tempo Comum (A)

A mulher das migalhas, a cananeia pagã, surpreende e converte Jesus: fá-lo passar de mestre de Israel a pastor de todas as dores do mundo. A primeira das suas três palavras é uma oração, a mais evangélica, um grito: “Kyrie eleyson”, piedade, Senhor, de mim e da minha criança. E Jesus não lhe dirige nem sequer uma palavra.

13/08/2020 · Lascia un commento

Enzo Bianchi – As férias ensinam a olhar, perguntar, pensar

Tempo de férias: tempo para olhar, ou melhor, para contemplar. Sim, porque habitualmente olhamos as pessoas ou as coisas, mas não as vemos. Não temos tempo para deter o olhar, habituado a responder ao estímulo de alguma coisa que o atrai de maneira repentina: um semáforo, um placar publicitário…

11/08/2020 · Lascia un commento

19° Domingo do Tempo Comum (A)

Se olho para o Senhor, se o escuto e vou para onde quer que seja, faço milagres. Olho para mim, para todas as dificuldades, e afundo-me. Se olho ao porque é que estou aqui, a quem me enviou, ninguém me detém. Se olho para a minha história acidentada, a dúvida bloqueia-me.

07/08/2020 · Lascia un commento

Nos desertos da vida, voltar a ter o brilho nos olhos

«Dou-me conta de que estou rodeado pelo nada, mesmo simplesmente ao falar com os meus companheiros de curso: o diálogo entre nós está marcado pelo nada, passamos de um assunto para outro sem nos recordarmos do que estávamos a falar antes.»

02/08/2020 · Lascia un commento

18° Domingo do Tempo Comum (A)

Jesus viu a grande multidão, sentiu compaixão dela e curou os seus doentes. Três verbos reveladores (ver, sentir, curar) que abrem janelas para os sentimentos de Jesus, para o seu mundo interior.

30/07/2020 · Lascia un commento

“O naturalismo é a metafísica mais idiota, o pensamento mais estúpido da história e vai destruir a humanidade”

Se continuarmos como há três meses, existiremos mais duzentos anos e a humanidade acabará. Essa é a verdadeira urgência. Não é uma questão política; é uma questão ética – Markus Gabriel

27/07/2020 · Lascia un commento

No mistério da cruz, a superação do sofrimento. Como repensar a teologia após o trauma coletivo da pandemia

Deus não permite o mal, mas “o sofre”. E é essa “compaixão de Deus” que se expressa em nossa compaixão. Um paradoxo, porque se Deus não sofresse, não poderia ser compassivo; portanto, se nós não sofrêssemos, não poderíamos ter compaixão por ninguém.

26/07/2020 · Lascia un commento

17° Domingo do Tempo Comum (A)

Estas três pequenas parábolas devem ser lidas em paralelo com a história do “jovem rico”, em Mateus 19,20-21, por exemplo. Encontramos nelas, se queremos chegar até o fim e tomar posse do que há de melhor, a necessidade de “vender” tudo o que possuímos e em que depositamos uma confiança ilusória.

23/07/2020 · Lascia un commento

16° Domingo do Tempo Comum (A)

Uma coisa é certa: é a boa semente que o semeador semeou em seu campo, e é a boa semente que ele irá colher. Devemos confiar no responsável pela colheita e devemos ter paciência e esperança.

16/07/2020 · Lascia un commento

Para compreender o papa Francisco, esqueça Roma, e aponte para Lampedusa

O que elevou Lampedusa a estatuto icónico não foi apenas o drama humano, mas o facto de um elétrico novo papa a escolheu para a sua primeira viagem fora de Roma, a 8 de julho de 2013. A visita foi de apenas quatro horas e meia, mas raramente um mero meio-dia na vida de um papado foi tão repleto de simbolismo e substância.

10/07/2020 · Lascia un commento

15° Domingo do Tempo Comum (A)

Nós fomos feitos para o infinito. Quer dizer, nós sentimos que a nossa vida está numa gestação. Nós sentimos que há umas dores de parto e que essas são a nossa vida, e que estamos a gerar e, ao mesmo tempo, a ser gerados, estamos a criar e a ser recriados.

08/07/2020 · Lascia un commento

A fé se reacende, mas Deus permanece no escuro

Aos grandes livros sobre religião que prepararam e nutriram a integração europeia, como os clássicos de Max Weber, Émile Durkheim e Jacques Maritain, é preciso adicionar alguns novos.

07/07/2020 · Lascia un commento

A Bélgica tenta enfrentar as sombras de seu passado colonial

Em 30 de junho, o rei Felipe da Bélgica enviou uma carta a Félix Tshisekedi, presidente da República Democrática do Congo, expressando sua “profunda tristeza” pelas “feridas” infligidas durante o período colonial

03/07/2020 · Lascia un commento

Crise alimentar mundial: “Estamos à beira de uma pandemia de fome”

É um dado que ressoa como uma terrível advertência. O número de pessoas à beira da fome pode dobrar, de 135 milhões, em 2019, para 265 milhões até o final do ano 2020, alertou a ONU em um relatório publicado nos últimos dias de abril. “Quando enfrentamos uma pandemia de covid-19, estamos também à beira de uma pandemia de fome”

02/07/2020 · Lascia un commento

14° Domingo do Tempo Comum (A)

Jesus, no evangelho, nos convida a tomar sobre nós o seu jugo. Lembremos que jugo é o instrumento que serve para associar dois animais, tendo em vista a tração de um objeto difícil de mover-se. Sendo assim, estamos «conjugados», somos «cônjuges».

02/07/2020 · Lascia un commento

Ravasi, “As sete palavras de Maria”

Se nos ativermos aos textos bíblicos, as frases de Maria são seis: duas na anunciação do arcanjo Gabriel, uma na visita a Isabel (o “Magnificat”), uma no reencontro do Filho no templo, entre os doutores, e duas nas bodas de Caná. Mas o autor acrescenta uma sétima: o silêncio assertivo da Virgem no calvário.

29/06/2020 · Lascia un commento

Espiritualidade cristã em tempo de isolamento, pelo cardeal Tolentino

Este é um tempo “kénosis”, de esvaziamento, um tempo de silêncio, um tempo em que, talvez, sintamos uma incerteza muito grande, um tempo de crise, um tempo em que parece que a vida vem menos. Um tempo precário.

25/06/2020 · Lascia un commento

13° Domingo do Tempo Comum (A)

Nem os gestos mínimos, aquilo que ninguém viu, aquilo que é verdadeiramente insignificante. Isso terá um efeito, isso mudará alguma coisa, isso servirá para alguma coisa e esta palavra de Jesus é uma palavra que nos reforça na confiança, na capacidade de dom.

24/06/2020 · Lascia un commento

Um hóspede inquietante

A violência costuma ser a arma favorita de quem não dispõe de razão. Sem poder contar com uma autoridade natural, baseada no bom senso e num relacionamento digno, respeitoso e igualitário, predomina o autoritarismo. A falta de cérebro leva ao uso da força bruta.

21/06/2020 · 1 Commento

Max Weber: 100 anos da morte de um dos pais da sociologia moderna

A política é recontro, não é moral. Consequentemente, quem se quer ocupar da política deve estar consciente de que ela é competição, e que a ela é inerente uma dimensão agónica que estabelece o declarado objetivo da derrota do adversário.

19/06/2020 · Lascia un commento

12° Domingo do Tempo Comum (A)

A nossa vida está nas mãos de Deus. Está nas mãos de Deus que cada um de nós se sinta como filho e filha amada de Deus, sinta que o nosso nome está tatuado nas paredes do Seu coração, está gravado como selo no coração de Deus. Nós estamos dentro Dele, dentro do Seu amor

19/06/2020 · Lascia un commento

Henri Nouwen – A Oração do Coração

“Perguntaram ao Abade Macário: ‘Como se deve rezar?’ O ancião respondeu: ‘Não há, em absoluto, necessidade de fazer longos discursos; basta estender a mão e dizer: Senhor, como queres e como sabes, tem misericórdia. E se o conflito ficar mais ameaçador, dizer: Senhor, ajuda. Ele sabe muito bem do que precisamos e nos mostra sua misericórdia.”

18/06/2020 · Lascia un commento

Santo António, a usura e o coração

Hoje e ontem as vítimas da usura são os pobres. E assim as palavras de António revivem uma extraordinária atualidade: quem ama os pobres odeia a usura (e ama o trabalho). Ontem, hoje e amanhã: «O usurário reduz a deserto a Igreja do Senhor».

11/06/2020 · Lascia un commento

Festa do Corpus Domini (A)

Nós sabemos que o pão pode ficar duro no saco. O pão fica duro no saco. Se o pão não é colocado sobre a mesa e não é servido, ele endurece e perde-se. E nós podemos perder a nossa vida. Podemos perder a nossa vida. Quem quer ganhar a vida, tem que perdê-la, tem que se dar, tem que se entregar.

10/06/2020 · Lascia un commento

Tomáš Halík – “Toque as feridas!”

No relato do Evangelho, Deus aparece como um Deus ferido, não como o deus apático dos estóicos ou como uma projeção de nossos desejos, muito menos como um símbolo das ambições de poder de um homem ou de uma nação. É um Deus compassivo que sente conosco que sofre conosco.

07/06/2020 · Lascia un commento

Festa da Santíssima Trindade (A)

É o domingo em que confessamos a Triunidade de Deus. Em verdade, a Triunidade de Deus é confessada pela Igreja sempre, em cada liturgia, mas, recentemente, sentiu-se a necessidade de instituir uma festa teológico-dogmática, que não é conhecida nem pela antiguidade cristã, nem, ainda, pela tradição cristã oriental.

03/06/2020 · Lascia un commento

Timothy Radcliffe – Aquela luta contínua contra o tempo informe

“A mensagem do Papa Francisco para o Dia Mundial das Comunicações Sociais é um convite para lembrar que, mesmo no isolamento das nossas casas, podemos sustentar a comunhão de maneiras que nunca foram possíveis no passado. Respondemos a uma crise global com uma comunhão global”

03/06/2020 · Lascia un commento

Pentecostes em nós

A solenidade de Pentecostes é celebrada no quinquagésimo dia após a Páscoa. Nela, fazemos memória do cumprimento da promessa de Jesus aos seus discípulos (Jo 16,7-24; Lc 24,49; At 1,8).

31/05/2020 · Lascia un commento

Quatro características do catolicismo pós-pandemia

A pandemia da Covid-19 terá repercussões duradouras para a Igreja. O catolicismo que emergirá da crise sob a liderança do Papa Francisco será mais enxuto e mais claro em sua missão.

29/05/2020 · Lascia un commento

Domingo de Pentecostes (A)

Conta-se que Deus, à maneira de um escultor, construiu um ser de barro e olhou para ele. Era um ser que tinha uma perfeição material mas que lhe faltava vida. Então, Deus insuflou as narinas daquele ser para que ele pudesse se tornar, não apenas matéria, mas vida, um ser vivente sobre este mundo, com tudo o que isso significa.

27/05/2020 · Lascia un commento

Ascensão do Senhor (A)

A Galileia como terra por excelência de evangelização e de missão: aqui os discípulos são novamente chamados, quase como que para recomeçar aquele seguimento que se concluiu com o abandono de Jesus.

19/05/2020 · Lascia un commento

6° Domingo de Páscoa (A)

Às vezes achamos que somos nós que fazemos, não, é o Espírito Santo que está em nós, é o Espírito Santo que atua através de nós, é o Espírito Santo que nos empurra, é o Espírito Santo que nos move, Ele é a força motriz da vida da Igreja e da vida de cada cristão.

13/05/2020 · Lascia un commento

Andrea Grillo – O sacramento da máscara: forma e conteúdo do culto cristão

O Estado tem todo o direito de considerar a missa uma “cerimônia pública”; mas a comunidade cristã deveria, acima de tudo, preservar a qualidade comunitária da própria reunião.

10/05/2020 · Lascia un commento

  • 488.669 visite
Follow COMBONIANUM – Spiritualità e Missione on WordPress.com

Inserisci il tuo indirizzo email per seguire questo blog e ricevere notifiche di nuovi messaggi via e-mail.

Unisciti ad altri 896 follower

San Daniele Comboni (1831-1881)

COMBONIANUM

Combonianum è stata una pubblicazione interna nata tra gli studenti comboniani nel 1935. Ho voluto far rivivere questo titolo, ricco di storia e di patrimonio carismatico.
Sono un comboniano affetto da Sla. Ho aperto e continuo a curare questo blog (tramite il puntatore oculare), animato dal desiderio di rimanere in contatto con la vita del mondo e della Chiesa, e di proseguire così il mio piccolo servizio alla missione.
Pereira Manuel João (MJ)
combonianum@gmail.com

Disclaimer

Questo blog non rappresenta una testata giornalistica. Immagini, foto e testi sono spesso scaricati da Internet, pertanto chi si ritenesse leso nel diritto d’autore potrà contattare il curatore del blog, che provvederà all’immediata rimozione del materiale oggetto di controversia. Grazie.

Categorie