COMBONIANUM – Formazione Permanente

UNO SGUARDO MISSIONARIO SUL MONDO E LA CHIESA Missionari Comboniani – Formazione Permanente – Comboni Missionaries – Ongoing Formation

Senhora da África

A devoção africana à Mãe de Jesus perde-se nas brumas da memória cristã. Os frescos das antigas igrejas núbias, no que é hoje o Sudão, são testemunho silencioso desse passado de fé. Os três reinos núbios formaram um enclave cristão entre os séculos VI e XV até serem tragados pelo Islão.

Annunci
10/05/2018 · Lascia un commento

Ravasi – A pequena Maria

No mês dedicado à Mãe de Jesus quisemos desenhar um retrato muito especial dela. Quem o oferece é um dos mais antigos textos apócrifos (ou seja, não “canónicos”) cristãos, o Protoevangelho de Tiago, do séc. II, texto a que devemos também os nomes dos pais de Maria, Joaquim e Ana.

08/05/2018 · Lascia un commento

FP.pt 5/2018 Maria dos outros

Maria não é só nossa – ou seja, dos fiéis católicos e ortodoxos que a veneram – mas também é parte de tradições não cristãs, como o judaísmo e o islamismo, sem esquecer, é claro, os protestantes.

05/05/2018 · Lascia un commento

Dia a dia com Maria

Extractos do livro “Dia a dia com Maria” «Na esperança do Céu, Maria, minha querida Mãe, eu me afundo extasiada nos abismos do amor que descubro no vosso coração.» (Teresa … Continua a leggere

04/05/2018 · Lascia un commento

Oração dos primeiros cristãos a Nossa Senhora

São Cirilo de Alexandria, por ocasião do final do Concílio de Éfeso, no ano 431 (no qual se proclamou a maternidade divina de Maria), deixou-nos o mais célebre louvor mariano da Antiguidade.

02/05/2018 · Lascia un commento

Maio com Maria

A exposição simples e humilde das nossas necessidades é o que espera de nós quem está disposto a ajudar-nos. Acho que Deus deve ficar cansado do interminável palavreado com que muitas pessoas se dirigem a Ele.

01/05/2018 · Lascia un commento

Entrevista com Tolentino Mendonça: “Deus é um problema também para os crentes”

Crer não é “ter as soluções”, mas é “habitar o caminho, habitar a tensão, viver dentro da procura”. Por isso, Deus é um problema também para os crentes. Um Deus que, na configuração cristã, é sobretudo um Deus frágil.

29/04/2018 · Lascia un commento

Lançamento do livro “Elogio da sede”, de José Tolentino Mendonça

Será que reconhecemos a sede que há em nós? Apercebemo-nos da desidratação que, voluntária ou involuntariamente, nos impomos? Damos tempo a decifrar o estado da nossa secura?

25/04/2018 · Lascia un commento

O Pão do II Domingo de Páscoa (B)

Publicamos aqui o comentário do monge italiano Enzo Bianchi, fundador da Comunidade de Bose, sobre o Evangelho deste 2º Domingo da Páscoa (Jo 20, 19-31).

05/04/2018 · Lascia un commento

Enzo Bianchi – Triduo Pascal

Na tarde da Quinta-feira Santa somos comensais da mesa do Senhor. Somos todos convidados pelo Senhor a celebrar a Páscoa, a Páscoa em que o Senhor passou deste mundo para o Pai (cf. Jo 13,1), a Páscoa em que o Senhor quis resumir toda a sua vida, tanto quanto é humanamente possível, em dois gestos acompanhados de poucas palavras.

28/03/2018 · Lascia un commento

O Pão do Domingo de Ramos (B)

Hoje, na Liturgia da palavra lemos a paixão do Senhor segundo São Marcos e escutamos um testemunho que nos deixa estremecidos: «Na verdade, este homem era Filho de Deus!» (Mc 15,39). O Evangelista tem muito cuidado em colocar estas palavras em lábios de um centurião romano, que atônito, assistiu a uma execução mais entre tantas

22/03/2018 · Lascia un commento

Quando S. José dorme

Há tempos vi em casa de uns amigos uma representação de S. José que me fez pensar muito. É um alto-relevo proveniente de um retábulo português da época barroca, em que se mostra a noite da fuga para o Egito. Vê-se uma tenda aberta, e, perto dela, um anjo de pé. Dentro da tenda, José está a dormir, mas vestido com a indumentária própria de um peregrino

18/03/2018 · Lascia un commento

Confluências: O desejo de Deus, que ama o mundo, e o desejo do homem, que procura Deus

O desejo de Deus – de tal modo Ele ama o mundo – e o desejo do homem – de tal modo o homem procura Deus – confluem num tempo e lugar. Assim, os desejos da eternidade estão materializados culturalmente porque a cultura é a concretização de um sonho divino através do homem.

18/03/2018 · Lascia un commento

O Pão do 5º Domingo da Quaresma (B)

Neste Domingo, Jesus recorre às imagens simples da natureza para nos revelar o segredo de frutificar. Atrás do longo percurso de crescimento, floração e fruto, está a semente minúscula que teve de se esconder e morrer…
Mas o acento nunca está na morte! No grão lançado à terra o agricultor olha fundamentalmente para a fecundidade, para o dar muito fruto.

15/03/2018 · Lascia un commento

Staretz Silouan: oração e compaixão

A oração contemplativa, a compaixão e a oração ativa constituíam um esforço e uma luta, porque não se tratava apenas de dizer: “Lembra-te, ó Senhor, deste, daquele, daquele outro.” Tratava-se de horas e horas gastas precisamente orando com compaixão, orando com amor, tudo ao mesmo tempo.

10/03/2018 · Lascia un commento

P. Cantalamessa – Terceira Pregação da Quaresma 2018

Podemos falar da humildade de diferentes pontos de vista, como veremos que o Apóstolo fará, mas em seu significado mais profundo, a humildade é apenas a de Cristo. É verdadeiramente humilde quem se esforça para ter o coração de Cristo.

10/03/2018 · Lascia un commento

Escava dentro de ti

«Escava dentro de ti. Está aí a fonte do bem, e ela pode sempre continuar a jorrar, se escavares sempre.» Os Padres da Igreja muitas vezes não hesitavam em recorrer à cultura clássica para reler as virtudes cristãs.

09/03/2018 · Lascia un commento

O Pão do 4º Domingo da Quaresma (B)

Há uma estreita relação entres as três leituras deste Quarto Domingo de Quaresma: o amor de Deus. No segundo livro das Crônicas é esse Amor de Deus que leva o povo que estava desterrado em Babilônia a construir um templo em Jerusalém

09/03/2018 · Lascia un commento

O Pão do 3º Domingo da Quaresma (B)

Comentário do monge italiano Enzo Bianchi, fundador da Comunidade de Base, e de Ermes Ronchi sobre o Evangelho deste 3º Domingo da Quaresma

02/03/2018 · Lascia un commento

Livro do Êxodo (4) Onde começa a verdadeira liberdade

Uma proposta para este tempo de Quaresma: refletir sobre o livro do Exodo! Como e com Jesus, deixemo-nos conduzir pelo Espirito ao deserto: “Eu a atrairei, conduzi-la-ei ao deserto e falar-lhe-ei … Continua a leggere

02/03/2018 · Lascia un commento

FP.pt 3/2018 O engano das ilusões

Quem deseja empreender uma experiência sincera de ser cristão, que consiste em deixar-se alcançar por Deus e unir-se a Ele, é fundamental começar precisamente por si próprio, ou, se preferirmos, regressar a si próprio.

01/03/2018 · Lascia un commento

FP2/2018 Meditações do P. José Tolentino Mendonça no retiro do papa (síntese)

O P. José Tolentino Mendonça, poeta e biblista português, vice-reitor da Universidade Católica, foi o pregador das meditações dos Exercícios Espirituais do papa Francisco e dos colaboradores da Cúria Romana,  de 18  a 23 de fevereiro, em Ariccia, próximo de Roma. “Elogio da sede” foi o tema geral das reflexões. Eis uma sintese das dez meditações.

01/03/2018 · Lascia un commento

Livro do Êxodo (3) Libertações e espinhos

O encontro decisivo da vida de Moisés deu-se durante um dia normal de trabalho. Moisés era um estrangeiro e precisava de trabalhar para ganhar a vida; como Jacob, que trabalhava para Labão, como muita boa gente do seu tempo e do nosso.

27/02/2018 · Lascia un commento

P. Cantalamessa – Primeira Pregação da Quaresma 2018

“Não vos conformeis com este mundo”: depois dessas palavras, esperávamos ouvir: “mas transformai-o!”; Em vez disso, se diz: “mas transformai-vos!”.

24/02/2018 · Lascia un commento

Livro do Êxodo (2) O grito que nos faz ricos

A primeira oração que aparece na Bíblia é um grito, um bramido ao céu que se ergue de um povo oprimido. Nunca será libertado quem primeiro não tiver experimentado a necessidade de libertação, quem não tiver gritado, acreditando ou esperando que haja alguém, do outro lado ou do alto, a acolher o seu grito.

23/02/2018 · Lascia un commento

ABC da QUARESMA

Como não pegar no ABECEDÁRIO e integrar a quaresma nele?
Aqui vai uma tentativa.

22/02/2018 · Lascia un commento

O Pão do 2º Domingo da Quaresma (B)

No itinerário quaresmal, a transfiguração de Jesus indica o fim a que tende este caminho: a ressurreição, de que a transfiguração é antecipação e profecia.

22/02/2018 · Lascia un commento

Livro do Êxodo (1) O amor não faz cedências ao poder

Uma proposta para este tempo de Quaresma: refletir sobre o livro do Exodo!
Como e com Jesus, deixemo-nos conduzir pelo Espirito ao deserto:
“Eu a atrairei, conduzi-la-ei ao deserto e falar-lhe-ei ao coração.” (Oseías 2,16)

20/02/2018 · Lascia un commento

O Pão do 1º Domingo da Quaresma (B)

Não devemos começar a Quaresma com o rosto sombrio, mas com um sorriso, com aquele sorriso que intuo no Evangelho deste primeiro domingo. Com efeito, Jesus começa com um anúncio gozoso, que da Galileia chega a todos os caminhos do mundo

15/02/2018 · Lascia un commento

40 dias com Henri Nouwen

QUARESMA COM HENRI NOUWEN Um texto de H. Nouwen para cada dia da Quaresma 1. Vida espiritual: dom e disciplina A vida espiritual é um dom. É o dom do … Continua a leggere

15/02/2018 · Lascia un commento

Pão do III Domingo do Tempo Comum (B)

Segue-me, vem após mim. Jesus não se alonga em motivações, porque o motivo é Ele, que te coloca o Reino recém-nascido entre as mãos. E di-lo com uma palavra inédita: farei de vós pescadores de homens. Como se dissesse: farei de vós buscadores de tesouros

18/01/2018 · Lascia un commento

O Pão do II Domingo do Tempo Comum (B)

Iniciamos este novo ano litúrgico com João Batista apontando aos seus discípulos Jesus de Nazaré como o Cordeiro de Deus, porque como ele mesmo diz: “Eu vi e deu testemunho que ele é o Eleito de Deus” (Jo 1,34). O precursor cumpre sua missão e convida aos seus discípulos a seguir Aquele para quem ele tinha preparado o caminho.

11/01/2018 · Lascia un commento

Leitura: “Sermões num minuto – 60 pequenos textos para grandes reflexões”

«Estou atento ao importante?» «Para onde vai a minha vida?» «Qual é a minha missão?» Estas são as primeiras três de seis dezenas de reflexões que José Luís Nunes Martins … Continua a leggere

09/01/2018 · Lascia un commento

Batismo de Jesus (B)

Com a festa do batismo de Jesus (Marcos 1, 7-11) conclui-se o tempo litúrgico das manifestações, epifanias, do Senhor. Dado à luz por Maria em Belém, Jesus foi manifestado aos pastores como o Salvador e Senhor, foi manifestado no templo aos pobres de Israel que esperavam o Messias, e por fim foi manifestado aos gentios da Terra, representados pelos magos, como Rei dos Judeus

05/01/2018 · Lascia un commento

Festa da Epifania

A “travessia” vivida pelos Magos é a mesma que todos experimentamos; somos seres “em saída”, em contínua busca. Quem busca não permanece sentado olhando o teto ou paralisado com o comando da tv na mão; hoje somos milhões de pessoas buscando permanentemente no Google, no Facebook, no WhatsApp…, sentados, parados, anestesiados…

03/01/2018 · Lascia un commento

Venha o teu Anjo

Venha o teu Anjo tocar o peso da nossa vida e descobrir neste cerco o que ainda não vemos: a beleza completamente acesa Venha o teu Anjo dizer-nos que é … Continua a leggere

29/12/2017 · Lascia un commento

O Pão do Domingo da Sagrada Familia (B)

Hoje, neste domingo, a Igreja nos convida a voltarmos nosso olhar para Jesus, Maria e José, a Sagrada Família de Nazaré. Olhando para eles, nos vemos. E o que podemos contemplar?

28/12/2017 · Lascia un commento

Deus connosco

Deus connosco, a inteira humanidade surpreendes porque não existes na omnipotência do tirano, mas na promessa de um nascimento que vem. Acompanha-nos no nosso caminho para o amor, e assim … Continua a leggere

28/12/2017 · Lascia un commento

O Anjo

Venha o teu anjo amparar nosso passo vacilante mesmo se parecemos pessoas tão seguras de si Venha reparar o azul que a cada momento em nós soçobra Desfazer a armadilha … Continua a leggere

27/12/2017 · Lascia un commento

Para dizer junto à manjedoura

Que teus olhos, Menino, ensinem largueza e altura aos meus olhos Que teus olhos curem os meus da fadiga e dos seus filtros Que teus olhos desimpeçam a visão fragmentária, … Continua a leggere

26/12/2017 · Lascia un commento

Natal 2017: a manjedoura de Jesus é a rua

“Que Deus nos converta e nos ajude a viver – sem hipocrisias – a radicalidade do Evangelho: a Boa Notícia de Jesus de Nazaré. Que os pobres e os descartados da sociedade e das Igrejas sejam os nossos mestres”, escreve Marcos Sassatelli, frade dominicano

25/12/2017 · Lascia un commento

Jesus, o “sem-teto” de Belém

Muitas vezes, com nossos presépios bonitos e até luxuosos, em ambientes e Igrejas com ar condicionado e todo tipo de conforto, conferimos ao Natal uma aura romântica, que não tem nada a ver com o estábulo e a manjedoura, na qual Jesus nasceu.

24/12/2017 · Lascia un commento

FP.pt 11/2017 Cantalamessa – Segunda pregação do Advento 2017

Depois de ter meditado, da última vez, no lugar que a pessoa de Cristo ocupa no cosmos, queremos dedicar essa segunda reflexão ao lugar que Cristo ocupa na história humana; depois da presença no espaço, aquela no tempo.

23/12/2017 · Lascia un commento

O Pão do IV Domingo de Advento (B)

O anjo Gabriel é novamente enviado a cada casa para anunciar a cada um: «Sê feliz, também tu és amado para sempre, a Vida virá até ti». Eu acredito num anjo que tem a semente de Deus na voz; acredito num Menino, do ventre de uma mulher, que é a história da ternura de Deus, imagem alta e pura do rosto do ser humano.

21/12/2017 · Lascia un commento

Num momento da história, o centro de tudo está numa mulher

A  primeira Pessoa divina enviada ao mundo não foi o Filho, a segunda Pessoa da Santíssima Trindade. Foi o Espírito Santo. Quem é terceiro na ordem da Trindade é primeiro na ordem da Criação, isto é, o Espírito Santo. O receptáculo desta vinda foi uma mulher do povo, simples e piedosa como todas as mulheres camponesas da Galiléia, de nome Miriam ou Maria.

20/12/2017 · Lascia un commento

O Pão do III Domingo de Advento (B)

«Apareceu um homem, enviado por Deus, que se chamava João. Este vinha como testemunha, para dar testemunho da Luz e todos crerem por meio dele. Ele não era a Luz, mas vinha para dar testemunho da Luz. Este foi o testemunho de João, quando as autoridades judaicas lhe enviaram de Jerusalém sacerdotes e levitas para lhe perguntarem: «Tu quem és?»

14/12/2017 · Lascia un commento

Somos desejados por um amor

Na passada semana, olhámos o Advento com uma iluminação do desejo. Os seres humanos, que são criaturas de desejo, experienciam o crescimento na autotranscendência e através da transformação do desejo – aquilo que queremos e como o procuramos. Por fim, vemos que não queremos apenas aquilo de que gostamos, mas que queremos a felicidade dos outros. 

10/12/2017 · Lascia un commento

Os olhos de Maria

O olho torna-se puro quando é envolvido pela luz do Sol e recebe força do seu vigor e clareza do seu esplendor. Em Maria habitou a luz divina como num olho, purificou-lhe o espírito, refinou-lhe o pensamento, santificou-lhe a mente e transfigurou-lhe a virgindade.

08/12/2017 · Lascia un commento

O Pão do II Domingo do Advento (B)

Escutemos o Profeta, falando em nome de Deus! Escutemos as palavras que ele manda dizer à sua Igreja sofredora e humilhada, tentada pelo desânimo: “Consolai, consolai o meu povo! Falai ao coração de Jerusalém e dizei em alta voz que a sua servidão acabou!” O Senhor vem, cheio de mansidão e misericórdia, de bondade e compaixão!

07/12/2017 · Lascia un commento

FP.pt 9/2017 Advento: esperança ou desilusão?

É importante recordar a profunda e, de certo modo, angustiante seriedade do Advento, quando a nossa cultura de mercado se harmoniza muito facilmente com a tendência a considerar o Natal, conscientemente ou não, como um retorno à nossa infância e inocência. O Advento deveria recordar-nos que o “rei que está para vir” é muito mais do que um menino bonito que sorri na manjedoura.

04/12/2017 · Lascia un commento

Somos criaturas de desejos

Temos estado a maior parte do ano à espera do Advento (a Palavra fez-se carne a 25 de Março, na Festa da Anunciação). Mas, como uma semente que cresce silenciosamente no solo, de dia e de noite, o seu silêncio começa a ser audível nas quatro semanas do Advento. Se conseguirmos ouvir o volume crescente do silêncio da Encarnação, durante esta época de expectativa elevada, estaremos melhor preparados para celebrar o Natal como ele espera ser celebrado.

03/12/2017 · Lascia un commento

O Pão do I Domingo de Advento (B)

I Domingo do Advento (ano B) No Advento, Deus faz-se mais próximo Naquele tempo, disse Jesus aos seus discípulos: «Acautelai-vos e vigiai, porque não sabeis quando chegará o momento. Será … Continua a leggere

01/12/2017 · Lascia un commento

FP.pt 7/2017 O Culto, a Devoção e a Espiritualidade do Coração de Jesus

Lendo os Evangelhos percebemos que, no entender do próprio Jesus, a vida eterna e, por isso mesmo, toda a vida cristã consiste em conhecer o Pai e a Ele (Jesus Cristo). Então vale a pena aprofundar este conhecimento feito de fé e de amor pela pessoa de Jesus (cf. Jo 17,3). Era também esta a grande prece que Paulo fazia por seus irmãos de Éfeso (Ef 3, 14-19).

23/06/2017 · Lascia un commento

San Daniele Comboni (1831-1881)

Inserisci il tuo indirizzo email per seguire questo blog e ricevere notifiche di nuovi messaggi via e-mail.

Segui assieme ad altri 1.597 follower

Follow COMBONIANUM – Formazione Permanente on WordPress.com
maggio: 2018
L M M G V S D
« Apr    
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031  

  • 187,187 visite

Disclaimer

Questo blog non rappresenta una testata giornalistica. Immagini, foto e testi sono spesso scaricati da Internet, pertanto chi si ritenesse leso nel diritto d'autore potrà contattare il curatore del blog, che provvederà all'immediata rimozione del materiale oggetto di controversia. Grazie.
Annunci

Tag

Advento Africa Afrique Amore Anthony Bloom Arabia Saudita Arte sacra Bibbia Bible Biblia Boko Haram Book of Genesis Cardinal Newman Carême Chiamate in attesa Chiesa China Chrétiens persécutés Cina Contemplazione Cristianos perseguidos Cuaresma Curia romana Daesh Dal rigattiere di parole Dialogo Diritti umani Economia Enzo Bianchi Eucaristia Europa Famiglia Family Família Fede France Gabrielle Bossis Genesi Gianfranco Ravasi Giovani Giubileo Gregory of Narek Guerra Guglielmo di Saint-Thierry Gênesis Henri Nouwen Iglesia India Iraq ISIS Islam Italia Jacob José Tolentino Mendonça Kenya La bisaccia del mendicante La Cuaresma con Maurice Zundel La preghiera giorno dopo giorno Laudato si' Le Carême avec Maurice Zundel Lectio Lent LENT with Gregory of Narek Libro del Génesis Magnificat Martin Lutero martiri Matrimonio Maurice Zundel Migranti Misericordia Missione Natal Natale Natale (C) Nigeria Noël P. Cantalamessa Pace Padri del Deserto Pakistan Paolo VI Papa Francesco Papa Francisco Pape François Paz Pedofilia Perdono Persecuted Christians Persecution of Christians Persecuzione dei cristiani Pittura Pope Francis Poveri Povertà Prayers Profughi Quaresima (C) Quaresima con i Padri del Deserto Quaresma Quaresma com Henri Nouwen Raniero Cantalamessa Rifugiati Sconfinamenti della Missione Silvano Fausti Simone Weil Sinodo Siria Sud Sudan Terrorismo Terrorismo islamico Testimonianza Thomas Merton Tolentino Mendonça Turchia Uganda Vatican Vaticano Venerdì Santo Virgin Mary

Categorie