COMBONIANUM – Spiritualità e Missione

Blog di FORMAZIONE PERMANENTE MISSIONARIA – Uno sguardo missionario sulla Vita, il Mondo e la Chiesa MISSIONARY ONGOING FORMATION – A missionary look on the life of the world and the church

Archivi tag: Quaresma

FP.pt 5/2021 Cantalamessa – Terceira meditação da Quaresma 2021

É preciso começar a demolir em nós, fiéis e homens da Igreja, a falsa persuasão de que estamos bem no que se refere à fé e que, no mais, devemos trabalhar ainda pela caridade. Talvez não seja um bem, quem sabe, por um pouco de tempo, não querer demonstrar a ninguém, mas interiorizar a fé, redescobrir as suas raízes no coração!

14/03/2021 · Lascia un commento

FP.pt 5/2021 Cantalamessa – Segunda meditação da Quaresma 2021

Existe um perigo mortal para a Igreja, e é o de viver “etsi Christus non daretur”, como se Cristo não existisse. É o pressuposto com o qual o mundo e seus meios de comunicação falam todo o tempo da Igreja. Dela, interessam a história (sobretudo a negativa), a organização, o ponto de vista sobre os problemas do momento, os fatos e as fofocas dentro dela. Raramente se encontra mencionada a pessoa de Jesus.

14/03/2021 · Lascia un commento

FP.pt 5/2021 Cantalamessa – Primeira meditação da Quaresma 2021

De conversão, fala-se em três momentos ou contextos diversos do Novo Testamento. Cada vez, vem à luz uma sua componente nova. Juntas, as três passagens nos dão uma ideia completa sobre o que é a metanóia evangélica. Não está dito que devemos experimentá-las todas as três juntas, com a intensidade. Há uma conversão para cada estação da vida.

14/03/2021 · Lascia un commento

A imagem do «caminho» na Bíblia

A quaresma litúrgica – que de novo este ano abre caminho no turbilhão de uma quarentena pandémica – tem como traço distintivo fazer uma catequese mistagógica, uma iniciação à fé cristã no interior de uma caminhada que passa pelo deserto do sofrimento e desagua na Páscoa eterna da alegria.

24/02/2021 · Lascia un commento

Tomáš Halík – “O tempo das igrejas vazias – Da crise ao aprofundamento da fé”

«Com as reflexões no tempo das igrejas vazias desejei, certamente, animar e encorajar os meus ouvintes a penetrar mais fundo no mistério da Páscoa, neste coração da fé cristã, mas também prepará-los para uma época em que teremos de entrar com maior coragem e confiança na nuvem do mistério e saber viver no meio dos paradoxos e dos novos desafios para os quais não temos respostas feitas.»

18/02/2021 · Lascia un commento

Quaresma com Henri Nouwen

Muitas vezes tornamo-nos surdos, incapazes de saber quando Deus nos chama, incapazes de entender em que direcção nos chama. Desta forma nossas vidas se tornam um absurdo. Na palavra absurdo encontramos a palavra latina surdus, que significa “surdo”. A vida espiritual requer disciplina porque precisamos aprender a ouvir a Deus.

16/02/2021 · Lascia un commento

FP.pt 2/2021 Quaresma, tempo de cura

A cinza que recebemos recorda-nos um segundo percurso: o percurso contrário, que vai da vida ao pó. Olhamos em redor e vemos pó de morte, vidas reduzidas a cinzas: escombros, destruição, guerra. Vidas de bebés inocentes não acolhidos, vidas de pobres rejeitados, vidas de idosos descartados. Continuamos a destruir-nos, a fazer-nos voltar ao pó.

12/02/2021 · Lascia un commento

Primeira Pregação da Quaresma do pe. Rupnik

A antiga iconografia representa a Mãe sob a cruz com uma mão na face. O que essa mão na face significa? Na iconografia, depois preservada no ícone bizantino até nossos dias, essa é precisamente a imagem da pessoa em uma provação muito dura, que é colocada em uma incerteza muito séria, antes, em uma dúvida.

13/03/2020 · Lascia un commento

Mensagem do Papa para a Quaresma 2020

A alegria do cristão brota da escuta e receção da Boa Nova da morte e ressurreição de Jesus: o kerygma. Este compendia o Mistério dum amor «tão real, tão verdadeiro, tão concreto, que nos proporciona uma relação cheia de diálogo sincero e fecundo»

25/02/2020 · Lascia un commento

Das cinzas, a vida

A Quaresma não é um tempo de mortificações, mas de vivificações. Por isso, a ação de Jesus não é abater a árvore que não dá fruto, mas adubá-la para renovar o seu vigor porque Ele não veio quebrar a cana rachada ou apagar a mecha que ainda fumega…

23/02/2020 · Lascia un commento

Precisamos da primavera

Também a nossa vida precisa de primavera; também nós necessitamos de voltar a acender o fogo debaixo das cinzas; também nós precisamos de uma revitalização interna e de um florescimento.

09/04/2019 · Lascia un commento

Via-Sacra missionária

Cada estação desta via-sacra, com  um pensamento do Papa Francisco da exortação apostólica A Alegria do Evangelho, está marcada pela dor e a alegria, o desânimo e a esperança, a angústia e a emoção. Cada estação é, para nós hoje, fermento de Evangelho e semente pascal.

06/04/2019 · Lascia un commento

FP.pt 2/2019 Quaresma – Meditações do Papa Francisco

O tempo de Quaresma é propício para corrigir os acordes dissonantes da nossa vida cristã e acolher a notícia sempre nova, feliz e esperançosa da Páscoa do Senhor. Na sua sabedoria materna, a Igreja propõe-nos prestar especial atenção a tudo o que possa arrefecer e oxidar o nosso coração crente.

05/03/2019 · Lascia un commento

ABC da QUARESMA

Como não pegar no ABECEDÁRIO e integrar a quaresma nele?
Aqui vai uma tentativa.

05/03/2019 · Lascia un commento

FP.pt 1/2019 Mensagem do Papa para a QUARESMA de 2019

Todos os anos, por meio da Mãe Igreja, Deus «concede aos seus fiéis a graça de se prepararem, na alegria do coração purificado, para celebrar as festas pascais, a fim de que (…), participando nos mistérios da renovação cristã, alcancem a plenitude da filiação divina»

28/02/2019 · Lascia un commento

P. Cantalamessa – Terceira Pregação da Quaresma 2018

Podemos falar da humildade de diferentes pontos de vista, como veremos que o Apóstolo fará, mas em seu significado mais profundo, a humildade é apenas a de Cristo. É verdadeiramente humilde quem se esforça para ter o coração de Cristo.

10/03/2018 · Lascia un commento

P. Cantalamessa – Primeira Pregação da Quaresma 2018

“Não vos conformeis com este mundo”: depois dessas palavras, esperávamos ouvir: “mas transformai-o!”; Em vez disso, se diz: “mas transformai-vos!”.

24/02/2018 · Lascia un commento

40 dias com Henri Nouwen

Uma vida espiritual sem disciplina é impossível. Disciplina é o outro lado do discipulado. A prática da disciplina espiritual nos torna mais sensíveis à voz tranquila e suave de Deus. Viver uma vida disciplinada é viver de tal modo que queres estar apenas onde Deus está contigo.

15/02/2018 · Lascia un commento

QUARESMA com Henri Nouwen (40)

40. Continua a viver onde Deus está

Viver uma vida disciplinada é viver de tal modo que queres estar apenas onde Deus está contigo. Quanto mais aprofundares a vivência da tua vida espiritual, tanto melhor discernirás a diferença entre viver com Deus e viver sem Deus, e mais fácil será saíres dos locais onde Deus deixa de estar contigo.

09/04/2017 · Lascia un commento

QUARESMA com Henri Nouwen (39)

39. Enfrenta o inimigo
À medida que vês com mais clareza que a tua vocação é ser testemunha do amor de Deus no mundo, e à medida que vives essa vocação com maior determinação, os ataques do inimigo aumentam.

08/04/2017 · Lascia un commento

QUARESMA com Henri Nouwen (38)

38. Aceita a tua identidade de filho de Deus
Ser filho de Deus é a tua verdadeira identidade, que deves aceitar. Quando a tiveres assumido e integrado em ti, poderás viver num mundo que te oferece muito mais alegria, bem como mais sofrimento.

07/04/2017 · Lascia un commento

QUARESMA com Henri Nouwen (37)

37. Regressa sempre ao caminho para a liberdade
Quando pareces perder repentinamente tudo o que pensavas ter conquistado não desesperes. A tua cura não é linear. Deves contar com reveses e retrocessos. Não digas a ti mesmo: “está tudo perdido. Tenho que recomeçar do princípio”. Não é verdade.

06/04/2017 · Lascia un commento

QUARESMA com Henri Nouwen (36)

36. Dar da sua pobreza
«Jesus, levantando os olhos, viu os ricos deitarem as suas ofertas no cofre; viu também uma pobre viúva lançar ali dois leptos; e disse: Em verdade vos digo que esta pobre viúva deu mais do que todos; porque todos aqueles deram daquilo que lhes sobrava; mas esta, da sua pobreza, deu tudo o que tinha para o seu sustento.»

05/04/2017 · Lascia un commento

QUARESMA com Henri Nouwen (35)

35. Segue o teu chamamento mais profundo
Quando descobrires dentro de ti alguma coisa que é um dom de Deus deves apoderar-te dela e não deixar que te seja retirada. Por vezes as pessoas que não conhecem o teu coração nem se aperceberão da importância de algo que faz parte do teu ser mais profundo, precioso tanto aos teus olhos como aos de Deus.

04/04/2017 · Lascia un commento

QUARESMA com Henri Nouwen (34)

34. Deixa-te ser inteiramente recebido
Dar-te aos outros sem esperar nada em troca só é possível quando fores inteiramente recebido. Sempre que descobres esperar alguma coisa em troca do que deste ou ficas desiludido quando nada obténs em troca, é um alerta a que compreendas que tu próprio ainda não te sentes inteiramente recebido.

03/04/2017 · Lascia un commento

QUARESMA com Henri Nouwen (33)

33. Ama em profundidade
Não hesites em amar e amar profundamente. Talvez receies o sofrimento que o amor profundo pode causar. Quando aqueles que amas profundamente te rejeitam, abandonam ou morrem ficas com o coração despedaçado.

02/04/2017 · Lascia un commento

QUARESMA com Henri Nouwen (32)

32. Tu és o meu amado
Quando todo o povo fora batizado, tendo sido Jesus também batizado, e estando ele a orar, o céu se abriu; e o Espírito Santo desceu sobre ele em forma corpórea, como uma pomba; e ouviu-se do céu esta voz: Tu és o meu Filho amado; em ti me comprazo.»

01/04/2017 · Lascia un commento

QUARESMA com Henri Nouwen (31)

31. Reconhece a tua impotência.
Existem em ti lugares onde estás completamente impotente. Desejas tanto curar-te, lutar contra as tuas tentações e controlar-te. Mas não consegues fazê-lo sozinho. Sempre que tentas, ficas com menos coragem. Assim, deves reconhecer a tua impotência

30/03/2017 · Lascia un commento

QUARESMA com Henri Nouwen (30)

30. Ousa contar abertamente a tua história.
«Sabemos que todas as coisas concorrem para o bem daqueles que amam a Deus, daqueles que são chamados segundo o seu propósito.» (Romanos 8, 28) «Os anos que te antecedem, recheados de conflitos e sofrimento, serão a seu tempo recordados como o caminho que te conduziu à tua nova vida.

29/03/2017 · Lascia un commento

QUARESMA com Henri Nouwen (29)

29. A tentação de impressionarmos.
Como podemos ultrapassar esta tentação que invade toda a nossa vida? É importante reconhecer que a nossa fome de coisas espectaculares – tal como o nosso desejo de nos evidenciarmos – tem muito a ver com a nossa procura de identidade.

28/03/2017 · 1 Commento

QUARESMA com Henri Nouwen (28)

28. A armadilha da auto-rejeição.
A auto-rejeição é o pior inimigo da vida espiritual, porque contradiz a voz sagrada que nos chama pelo nome de «amados». Ser amado exprime a verdade central da nossa existência.

28/03/2017 · Lascia un commento

QUARESMA com Henri Nouwen (27)

27. Evita todas as formas de autocensura.
Deves evitar não só culpar os outros mas também a ti mesmo. Tens tendência a recriminar-te pelas dificuldades que sentes nos relacionamentos que entabulas. Mas a auto-recriminação não é uma forma de humildade.

26/03/2017 · Lascia un commento

QUARESMA com Henri Nouwen (26)

26. O peso do julgamento.
Os Padres do deserto do século IV diziam: «Julgar os outros é um fardo pesado.» Eu tive alguns momentos na vida em que me senti livre da necessidade de fazer qualquer juízo de valor acerca dos outros. Senti que me tinha sido tirado um peso dos ombros.

26/03/2017 · Lascia un commento

QUARESMA com Henri Nouwen (25)

25. Caminho estreito.
Em todos os momentos da minha vida tenho que escolher o teu caminho. Tenho de escolher pensamentos que sejam os teus pensamentos, palavras que sejam as tuas palavras e acções que sejam as tuas acções. Não existem nem tempos nem lugares sem escolhas. E eu sei quanto resisto a escolher-te.

25/03/2017 · Lascia un commento

QUARESIMA con i Padri del Deserto (25)

25. Il monaco e la nave.
«Non hai ancora trovato la nave non hai ancora caricato il tuo bagaglio, e sei già arrivato in quella città prima di essere partito?».

25/03/2017 · Lascia un commento

QUARESMA com Henri Nouwen (24)

24. Na Casa de Deus.
Na casa de Deus há muitas moradas. Há lugar para todos – um lugar único e especial. Se acreditarmos profundamente que somos preciosos aos olhos de Deus, então seremos capazes de descobrir também a valia dos outros e o lugar único que ocupam no coração de Deus.

24/03/2017 · Lascia un commento

QUARESMA com Henri Nouwen (23)

23. Confia na voz interior.
Desejas realmente converter-te? Estás disposto a modificar-te? Ou continuas agarrado ao teu velho modo de vida com uma mão enquanto com a outra pedes aos outros que te ajudem a mudar? A conversão não é com certeza algo que possas encontrar por ti mesmo. Não se trata de um exercício da própria vontade. Tens que confiar na voz interior que mostra o caminho.

23/03/2017 · Lascia un commento

QUARESMA com Henri Nouwen (22)

22. Continua a preferir Deus.
Enfrentas escolhas permanentes. O problema está em saber se preferes Deus ou o teu ‘eu’ duvidoso. Sabes qual é a escolha certa, mas as tuas emoções, paixões e sentimentos continuam a sugerir-te escolher o caminho da auto-exclusão. A escolha radical está em confiar sempre em que Deus está contigo e te dará o que mais precisas.

22/03/2017 · Lascia un commento

QUARESMA com Henri Nouwen (21)

21. Regressa sempre ao ponto sólido.
Tens de confiar nesse ponto sólido, no local onde podes dizer sim ao amor de Deus mesmo quando não o sentes. Neste momento nada sentes a não ser vazio e falta de força para escolher. Mas continua a repetir «Deus ama-me e o amor de Deus basta». Tens que escolher uma e outra vez esse local sólido e regressar a ele após cada fracasso.

21/03/2017 · Lascia un commento

QUARESMA com Henri Nouwen (20)

Um texto de Henri Nouwen para cada dia da Quaresma 20. Amas-me? A afirmação simples «Deus é Amor» tem implicações de longo alcance a partir do momento em que começarmos … Continua a leggere

20/03/2017 · Lascia un commento

QUARESMA com Henri Nouwen (19)

19. Uma vida agradecida.
Assim como as negações de Pedro não o paralisaram, mas, uma vez perdoado, se tornaram uma nova fonte de fidelidade, assim também as nossas falhas e traições podem transformar-se em gratidão e capacitar-nos a ser mensageiros de esperança.

19/03/2017 · Lascia un commento

QUARESMA com Henri Nouwen (18)

18. Feridas que curam.
“Ninguém escapa de ser ferido. Somos todos pessoas feridas, física, emocional, mental ou espiritualmente. A questão principal não é “como podemos esconder as nossas feridas”, e assim não teremos de nos sentir envergonhados, mas “como podemos colocá-las ao serviço dos outros”.

18/03/2017 · Lascia un commento

QUARESMA com Henri Nouwen (17)

17. Passar por cima das nossas feridas.
Os humanos sofrem imenso. Muito, para não dizer a maior parte, do nosso sofrimento tem origem na relação com aqueles que nos amam… À medida que ficamos mais velhos, geralmente vamos descobrindo que nem sempre fomos bem amados.

17/03/2017 · Lascia un commento

QUARESMA com Henri Nouwen (16)

16. Deus revela-se através da compaixão.
A glória humana é consequência de se ser considerado melhor, mais rápido, mais bonito, mais poderoso ou mais bem sucedido do que os outros. A glória conferida pelas pessoas é uma glória que dimana das comparações favoráveis com outras pessoas. A glória tem um curso ascendente. Mas, como é a glória de Deus?

16/03/2017 · Lascia un commento

QUARESMA com Henri Nouwen (15)

15. Compaixão e mobilidade descendente.
A vida de compaixão é a vida da mobilidade descendente! Numa sociedade em que a mobilidade ascendente é a norma, a mobilidade descendente não só não é encorajada como inclusivamente é considerada imprudente, pouco saudável, senão mesmo completamente estúpida.

15/03/2017 · Lascia un commento

QUARESMA com Henri Nouwen (14)

14. O dom secreto da compaixão.
A mobilidade descendente, o ir ter com os que sofrem e partilhar as suas penas, parece que sabe um pouco a masoquismo ou até doença. Que alegria pode haver na solidariedade para com os pobres, os doentes e os moribundos? Que alegria pode haver na compaixão?

14/03/2017 · Lascia un commento

QUARESMA com Henri Nouwen (13)

13. Transforma o meu pranto em dança.
Mas é precisamente aqui, na dor, na pobreza ou na fraqueza que o ‘Dançarino’ nos convida a levantar e a dar os primeiros passos. É dentro do nosso sofrimento, e nunca fora dele, que Jesus entra na nossa tristeza, toma-nos pela mão, puxa-nos gentilmente, fazendo-nos ficar de pé, e convida-nos a dançar

13/03/2017 · Lascia un commento

FP.pt 3/2017 Quaresma – Meditações do Papa Francisco

FP Português word FP.pt 2017-3 Quaresma – Meditações do Papa Francisco pdf    FP.pt 2017-3 Quaresma – Meditações do Papa Francisco Quaresma – Meditações do Papa Francisco A Quaresma é … Continua a leggere

12/03/2017 · Lascia un commento

QUARESMA com Henri Nouwen (12)

12. Oportunidade de escolher a alegria.
Pode parecer estranho dizer que a alegria é o resultado das nossas escolhas. Com frequência imaginamos que algumas pessoas têm mais sorte do que outras e que a sua alegria ou tristeza dependem das circunstâncias da sua vida – sobre a qual não têm controlo. No entanto, temos uma hipótese de escolha, não tanto em relação às circunstâncias da nossa vida, quanto em relação à maneira como reagimos a essas circunstâncias

12/03/2017 · Lascia un commento

QUARESMA com Henri Nouwen (11)

11. Encontrar a alegria.
Jesus revela-nos o amor de Deus para que a sua alegria seja a nossa e para que a nossa alegria seja completa. A alegria é a experiência de saber que somos amados incondicionalmente e que nada – doenças, falhanços, quebras emocionais, opressão, guerras ou mesmo a morte – pode privar-nos desse amor.(…) É frequente descobrirmos a alegria no meio da tristeza

11/03/2017 · Lascia un commento

QUARESMA com Henri Nouwen (10)

10. Orar incluindo tudo Uma última característica da oração do coração é que ela inclui todos os nossos interesses. Quando entramos com a mente no coração e ali ficamos na presença de Deus, então todas as nossa preocupações mentais se transformam em oração.

10/03/2017 · Lascia un commento

QUARESMA com Henri Nouwen (9)

9. Orar incessantemente
A pergunta de como seguir a ordem de Paulo: “Orai incessantemente” foi fundamental no hesicasmo desde a época dos monges do deserto até a Rússia oitocentista. Há muitos exemplos desse interesse nos dois extremos da tradição hesicástica.

09/03/2017 · Lascia un commento

QUARESMA com Henri Nouwen (8)

8. Orar com orações breves.
No contexto de nossa cultura verbosa, é significativo ouvir os monges do deserto nos aconselhando a não usar palavras em excesso: “Perguntaram ao aba Macário: ‘Como se deve rezar?’ O ancião respondeu: ‘Não há, em absoluto, necessidade de fazer longos discursos; basta estender a mão e dizer: Senhor, como queres e como sabes, tem misericórdia.

08/03/2017 · Lascia un commento

QUARESIMA con i Padri del Deserto (7)

7. Bada a te stesso.
Il padre Antonio, volgendo lo sguardo all’abisso dei giudizi di Dio, chiese: «O Signore, come mai alcuni muoiono giovani, altri vecchissimi? Perché alcuni sono poveri, e altri ricchi? Perché degli empi sono ricchi e dei giusti sono poveri?».

07/03/2017 · Lascia un commento

QUARESMA com Henri Nouwen (7)

7. Orar com o coração.
Encontramos a melhor formulação da oração do coração nas palavras do místico russo Teófano, o Recluso: “Rezar é descer com a mente ao coração e ali ficar diante da face do Senhor, omnipresente, omnividente dentro de nós”.

07/03/2017 · Lascia un commento

QUARESMA com Henri Nouwen (6)

6. Bombardeados por milhares de pensamentos.
Um antigo escritor cristão descreveu o primeiro estágio da oração em solitude com a experiência de alguém que, depois de anos vivendo com as portas abertas, resolveu fechá-las. Os visitantes acostumados de entrar na casa começaram a bater à porta, querendo saber porque não podiam entrar…

06/03/2017 · Lascia un commento

QUARESMA com Henri Nouwen (5)

5. Caos interior
Buscar solitude em nossa vida é um dos aspectos mais necessários da disciplina e também a mais difícil das disciplinas. Embora desejamos a verdadeira solitude, também passamos por certa apreensão a medida que nos aproximamos do seu lugar e do seu momento.

05/03/2017 · Lascia un commento

QUARESIMA con i Padri del Deserto (5)

5. Il monaco e i cani

Un fratello che aveva rinunciato al mondo e dato ai poveri i suoi beni, ma si era tenuto qualcosa per sé, fece visita al padre Antonio. Il padre, sapendo il fatto, gli dice: «Se vuoi farti monaco, va’ al tuo paese, compera della carne…

05/03/2017 · Lascia un commento

QUARESMA com Henri Nouwen (4)

4. Tempo e lugar
Sem a solitude é praticamente impossível viver uma vida espiritual. A solitude começa com um tempo e um lugar para Deus, e só para Ele. Se crermos que Deus não apenas existe, precisamos separar um tempo e um lugar para Lhe dedicar nossa atenção total.

04/03/2017 · Lascia un commento

QUARESIMA con i Padri del Deserto (4)

4. Stalla senza porte
Dei fratelli, da Scete, vollero far visita al padre Antonio. Imbarcandosi per compiere il tragitto, trovarono un anziano che pure voleva recarsi colà; ma i fratelli non lo conoscevano.

04/03/2017 · Lascia un commento

QUARESMA com Henri Nouwen (3)

3. Ser todo ouvido para Deus
A vida de Jesus foi uma vida de obediência. Estava sempre escutando o Pai, sempre atento à sua voz, sempre alerta às suas orientações. Jesus era “todo ouvidos”. Isto é a verdadeira oração: ser todo ouvido para Deus.

03/03/2017 · Lascia un commento

QUARESMA com Henri Nouwen (2)

De uma vida absurda a uma vida obediente.
Muitas vezes tornamo-nos surdos, incapazes de saber quando Deus nos chama, incapazes de entender em que direcção nos chama. Desta forma nossas vidas se tornam um absurdo. Na palavra absurdo encontramos a palavra latina surdus, que significa “surdo”. A vida espiritual requer disciplina porque precisamos aprender a ouvir a Deus que constantemente fala, mas a quem raramente ouvimos. Porém, quando aprendemos a ouvir, nossas vidas se tornam vidas obedientes. A palavra obediente vem da palavra latina obaudire, que significa “ouvir”. É necessário ter uma disciplina espiritual se quisermos mudar lentamente de uma vida ‘absurda’ para uma vida ‘obediente’, de uma vida cheia de preocupações agitadas para uma vida em que há espaço livre no nosso interior para ouvir o nosso Deus e seguir a sua orientação.

02/03/2017 · Lascia un commento

  • 659.886 visite
Follow COMBONIANUM – Spiritualità e Missione on WordPress.com

Inserisci il tuo indirizzo email per seguire questo blog e ricevere notifiche di nuovi messaggi via e-mail.

Unisciti ad altri 767 follower

San Daniele Comboni (1831-1881)

COMBONIANUM

Combonianum è stato una pubblicazione interna di condivisione sul carisma di Comboni. Assegnando questo nome al blog, ho voluto far rivivere questo titolo, ricco di storia e patrimonio carismatico.
Il sottotitolo Spiritualità e Missione vuole precisare l’obiettivo del blog: promuovere una spiritualità missionaria.

Combonianum was an internal publication of sharing on Comboni’s charism. By assigning this name to the blog, I wanted to revive this title, rich in history and charismatic heritage.
The subtitle
Spirituality and Mission wants to specify the goal of the blog: to promote a missionary spirituality.

Sono un comboniano affetto da Sla. Ho aperto e continuo a curare questo blog (tramite il puntatore oculare), animato dal desiderio di rimanere in contatto con la vita del mondo e della Chiesa, e di proseguire così il mio piccolo servizio alla missione.
I miei interessi: tematiche missionarie, spiritualità (ho lavorato nella formazione) e temi biblici (ho fatto teologia biblica alla PUG di Roma)

I am a Comboni missionary with ALS. I opened and continue to curate this blog (through the eye pointer), animated by the desire to stay in touch with the life of the world and of the Church, and thus continue my small service to the mission.
My interests: missionary themes, spirituality (I was in charge of formation) and biblical themes (I studied biblical theology at the PUG in Rome)

Manuel João Pereira Correia combonianum@gmail.com

Disclaimer

Questo blog non rappresenta una testata giornalistica. Immagini, foto e testi sono spesso scaricati da Internet, pertanto chi si ritenesse leso nel diritto d’autore potrà contattare il curatore del blog, che provvederà all’immediata rimozione del materiale oggetto di controversia. Grazie.

Categorie